Botafogo 1 x 1 flamengo: O previsível

Jogo ruim, resultado ruim.

Na verdade, pelo que os dois times não mostraram, deveria ter acabado em 0 x 0.

Mas é óbvio que poderíamos ter conseguido os três pontos, mesmo com tantos desfalques. Bastava um pouco mais de empenho e um pouco menos de cérebro – sim, cabeça não é sinônimo de neurônio, não é Alessandro?

Com o Botafogo com tantos desfalques, não dá pra esperar muito mais em termos técnicos. Mas dá pra esperar, ainda mais por ser um clássico com o maior rival, mais sede de vitória. Não foi o que aconteceu no Engenhão.

Pior: aparentemente perdemos mais um jogador importantíssimo para as próximas rodadas. Hoje foi a vez de Fábio Ferreira. Confesso que quando vi a contusão dele bateu um desânimo. Acho que só um combinado Milan/Barcelona não sofreria com tantas contusões de jogadores importantes. Como esse não é o nosso caso, enquanto ao menos MMattos e Jobson não voltam, não dá pra esperar nada além do que já estamos conseguindo.

No mais, é incrível: com Lucio Flavio em campo, mesmo ele fazendo gol (e hoje foi um golaço,uma cobrança de falta perfeita, como ele não conseguia há uns dois anos), o Botafogo não consegue vencer os urubus.

Que coisa.

No pós-jogo, Joel parecia devastado pela mistura de raiva e desânimo. Porque ele sabe que perdemos mais uma oportunidade dourada de encostar nos líderes. E que, a partir de agora, temos que olhar com atenção pelo retrovisor e enxergar a ascensão consistente de Grêmio e Palmeiras. A gordura que tínhamos acumulada de distância para esses dois times acabou, graças aos seis jogos sem vencer. Mais uma rodada sem vitória e eles nos alcançam.

Sobre atuações individuais, só dá pra destacar sem ressalvas a performance do Jefferson. Que, como destacou o Joel na coletiva, fez o mais difícil  – pegar o pênalti do Petkovic e seus colegas simplesmente não acreditaram que o lance poderia ter prosseguimento. “Temos um goleiro que é excelente embaixo das traves, que pega pênalti e nosso time não se posiciona para pegar o rebote, fica assistindo o Léo Moura ser mais rápido e fazer o gol. Isso é imperdoável”, disse o Natalino, com toda razão.

Ah, e nesse clássico fez falta a vibração (mesmo que excessiva, às vezes) do Herrera.

O melhor da partida: O grito da torcida alvinegra “Dá-lhe, dá-lhe, ô… até o Zico roubou!”

E, mesmo com a ressalva que só vi os replays durante a transmissão, vou nadar contra a corrente e dizer que o juiz acertou nos dois lances mais polêmicos da partida: acho que foi falta do R.Abreu no LFlavio como acho que o Alessandro fez pênalti no Angelim.

Foto: Portal Terra

Anúncios

7 Respostas para “Botafogo 1 x 1 flamengo: O previsível

  1. Você já respondeu, Alessandro entregou o jogo. Desta vez, botar a culpa só em LF é perguição gratuita.
    San

    • Caro Soares, é verdade: Alessandro entregou o jogo. E, sobre o LFlávio, acho que me expressei mal – não botei a culpa só nele. Aliás, nem botei a culpa nele que teve uma atuação acima do que eu esperava. Só chamei a atenção para o fato de que, com ele em campo (jogando bem ou não), o Botafogo não ganha do flamengo. Basta pesquisar pra constatar.
      Abs e SA,

  2. Gostaria q alguém fizesse uma pesquisa de quantas partidas, quantos campeonatos, quantas classificações, enfim quanta paciência nós já perdemos por culpa de apenas dois jogadores.

    Alessandro e Leandro Guerreiro.

    Quando não é um é ou outro, quando não são os dois fazendo lambança ao mesmo tempo… E o pior é que o LG ainda é aplaudido?!?!?! Parece até que já fez muito pelo Fogão… O Caio q já fez muito mais em pouco tempo é execrado por perder gols… Mas pelo menos ele tenta… pode ser fominha, individualista, afobado etc, mas pelo menos tem algum talento, busca o jogo o tempo todo e não entrega os jogos.

    Enquanto não se fizer uma limpa no elenco, afastando ou ao menos dando opções para que o treinador não escale esse bando de perebas, não vamos a lugar nenhum. E digo mais. Se tivéssemos jogado o campeonato todo com esse time que entrou em campo hoje, estaríamos muito mal. Só não estamos no Z4 porque as contratações pós Copa foram excelentes e nos deram nada menos que 25 pontos em 9 jogos. Se tivéssemos feito a metade desses pontos estaríamos na mesma colocação que o Urubu.

    Hoje foi ridículo… Mais dois pontos jogados no lixo por um jogador que não tem condições de jogar em nenhum time da série A. Até quando meu Deus??? Até quando???

  3. Ola!!
    Sou botafoguense de Laguna/SC, assíduo leitor de seu blog e, na maioria das vezes, concordo com o que você escreve. Esta é a primeira vez que me manifesto.
    Quanto ao Lúcio Flávio, sou um dos que se irritam com seu desaparecimento no meio dos jogos. Contudo, hoje acho que ele foi um dos melhores em campo, além de Loco Abreu, Jeferson e Leandro Guerreiro.
    Os piores: Marcelo Cordeiro, errou quase tudo e levou um baile do Leo Moura. Edno, deveria ajudar MC na Marcação do Leo, não fez e errou muitos passes. Somália, depois da contuzão caiu muito de produção. É isso, aí, um abraço.

  4. A verdade é que o botafogo e seu Técnico não querem ir a lugar algum. Não tem como o Técnico ver que o Marcelo Cordeiro não estava jogando nada. Já na primeira joga do jogo se mostrou nervosinho… Troca, improvisa sei lá. Do Alessandro não vou perder tempo comentado o débil mental. Apenas que ele tem jogos de lucidez,mas sempre aparece (da pior maneira é claro). No mais por mais esperança que se tenha, acho que falta consistência… Mas bola pra frente, que atrás vem e muita gente… Saudações Gloriosas

  5. Marcelo,
    Você já havia comentado sobre as cores do placar eletrônico do Engenhão. Digo-lhe que fica muito mais feio quando jogamos contra o lixo e ficamos de frente para torcida marginal.
    Com o enceradeira, se esconde, do lento flávio em campo não ganhamos nada. Nunca fomos campeões com esse inútil em campo. Foi assim em todos os turnos e campeonatos regionais.
    Outro detalhe, levantamento de um amigo (Luiz), não ganhamos um único jogo no campeonato brasileiro em que o lento flavio começou como titular.
    Contra os fatos e números não há argumentos!
    Com o quarteto trágico em campo (lento flávio, esforçados alessandro e leandro guerreiro e cone fahel) nunca ganhamos nada! Só o treinador insiste com esses caras!
    Não consigo esquecer o Silas gesticulando, quase entrando em campo, mandando o lixo avançar e passar do meio de campo. O nosso covarde e retranqueiro treinador mandava o time ficar, recuar e lançar bolas da nossa intermediária para área adversária. Principalmente nas cobranças de faltas!
    Não é o treinador que orienta e diz quem marca quem em qualquer situação do jogo!? Inclusive em cobrança de penaltis, faltas, escanteios e posicionamentos! Quem é o maior culpado?
    Os jogadores do lixo erravam tudo e demonstravam insegurança em todas as bolas no início do jogo, mas bastou observar o nosso medo e covardia que cresceram em campo. Igual ao jogo do turno! Demos quatro pontos para os marginais, se não fosse isso em que lugar estariam?

    Abs e Sds, Botafoguenses!!!

  6. Eu até me cansei de ficar falando do Botafogo e sei que enquanto estiver no Botafogo esses jogadores sem cérebro não vamos pra frente nunca infelizmente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s