Grenás 2 x 1 Botafogo: O pior não foi o resultado

O resultado mais justo para o primeiro jogo da semifinal seria um empate: Botafogo dominou o primeiro tempo, enfim teve presença no meio de campo com lampejos de Elvis, mas Bill desperdiçou a melhor chance para abrir o marcador e a zaga vacilou feio no gol tricolor.  Na segunda etapa, o adversário foi melhor e a vantagem deles só não foi maior devido ao belo lançamento de Fernandes para um golaço do Arão, talvez o melhor alvinegro da partida, e único titular absoluto no meio-de-campo.

Pior do que o resultado, porém, foi perceber que o Botafogo chega ás vésperas do início da Série B sem a definição de um camisa 10: Diego Jardel, Tomas, Elvis, Gegê, nenhum deles conseguiu jogar bem durante 90 minutos. E também pior é perceber que o ataque está limitadíssimo, excessivamente dependente do individualismo de Jobson e do oportunismo de Bill. Talvez, quando Pimpão entrar em forma, a produção ofensiva melhore, mas por enquanto o cenário é pra lá de preocupante.

De verdade, a não ser pela rivalidade, não importa tanto o que acontecerá daqui pra frente no Carioca. Com o cheque de R$ 1 milhão no cofre com a conquista da Taça Guanabara, o que vier agora é lucro. Mas é preciso pegar parte dessa grana para tentar seduzir um meia ofensivo e um centroavante ainda antes do início da Série B.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s