Vitória 2 x 1 Botafogo: Perto da vitória, longe da vitória

Escrevo essas poucas linhas enquanto a tevê exibe os minutos finais da partida entre  Cruzeiro e Inter no Mineirão. Muita velocidade em todo o jogo, qualidade técnica e jogadores capazes de, em lances individuais, fazer a diferença. E mais: em campo, Gilberto, um de nossos três laterais direitos no ano passado.

Agora, dos três, não temos mais nenhum. Foi contratado um rapaz chamado Régis, que nunca vi jogar e não fez grandes coisas na partida disputada na tarde de sábado, mais uma derrota alvinegra. O Botafogo esteve bem perto da vitória no primeiro tempo, quando fez boa partida, demonstrando volume de jogo, ligação entre o meio e o ataque, mas desperdiçou pelo menos três grandes chances de abrir o placar.

Na volta, um pênalti duvidoso em lance de ingenuidade do péssimo Dankler colocou o time baiano em vantagem no placar. Mesmo assim, em jogada de esforço de Rogério, o Botafogo conseguiu empatar. Porém, de novo, em falha de marcação, o Vitória fez 2×1 e o alvinegro não mais ameaçou o adversário. Era confronto direto pela salvação: eles ganharam, nós perdemos e agora nos aproximamos da lanterna.

A cada rodada, e a cada atitude intempestiva de Maurício Assumpção, fica mais difícil. Tudo bem que Emerson já não era o mesmo jogador de quando chegou, mas com a ausência dele, Bolívar, Edilson e Julio Cesar, o Botafogo conseguiu a proeza de acelerar a sua caminhada rumo ao despenhadeiro.

E, num equivocado gesto de protesto, algum torcedor resolveu pichar as paredes da sede histórica de General Severiano, como se isso fosse resolver alguma coisa. Para acentuar o equívoco, ainda pichou: “Acabou o amor”.

Não, meu caro pichador, tudo pode ter chegado ao fim – mas a única coisa que ainda resiste, mesmo maltratada dentro e fora de campo, é a solitária paixão.

Anúncios

4 Respostas para “Vitória 2 x 1 Botafogo: Perto da vitória, longe da vitória

  1. ótimo post e fazia tempo que não comentava aqui. Tá tão feia a coisa, que pra quesito rádio transmitindo o jogo….tinha muito poucas(até nas de Salvador porque elas faziam duplex ou priorizaram o Bahia em Brasília) e no final me resolveu ficar no mudo só com a imagem enquanto via 1 jogo da B e o outro da D com o Brasiliense eliminando o Remo em jogo emocionante.
    Agora Dankler, VAI TOMAR NO MEIO DO CU….quando o time perde gols e joga melhor em Salvador, aí vem ele olhar o Edno cruzar a bola e fazer pênalti imbecil onde via gente querendo que o Andrey se consagrasse, aliás Andrey se consagrar em pênalti é a mesma coisa que eu conseguir conquistar menina gata….IMPOSSÍVEL/DIFÍCIL. Aí é pra derrubar qualquer um de fato. Agora como é ruim e cheio de intenções o tal do Sandro Meira Ricci hein? Até perigo de gol que ninguém marca ele foi marcar no último lance do jogo…..E TEM QUEM GOSTE DE UM CARA DESSES….NÃO DÁ! E como é bom ver na tela da TV protestos ao pilantra MA hein!!
    E estava quase me esquecendo do pênalti que não foi marcado no Rogério….mas na fase que está, nem fico lembrando disso. Quarta é decisão e lugar da galera é no maraca ao invés de muitos ficarem no famoso “aiiii já caímos” que vi muito isso no final de jogo.
    Era pra gente ter ganhado hoje, agora é pensar no Palmeiras e em demais confrontos diretos. Até planejamento dos jogos fiz pra ver onde podia perder e onde não podia…e um desses jogos que não se pode perder é o jogo de quarta.
    Abraço
    Igor(@igorsausmikat)
    Meu blog de esportes: http://igoresportes.blogspot.com.br/ e no twitter é o @blogdoigor05

  2. Prefiro, não como o avestruz (…), ver os jogos do Botafogo pelo You Tube (youtube), COMPLETOS, todos os dias; jogos de 89, 90, 95, 2010, 2013, 2006. É UMA FORMA DE SONHAR COM DIAS MELHORES. E, afinal, relembrar reviver, e reviver é ser feliz. Ah!

    Vejo também os jogos do Brasil, estrelado pelos jogadores alvinegros de 58 a 74, jogos completos, sobretudo os de 62 quando o Brasil era o próprio time do Botafogo (com belos comentários e referencias ao Botafogo de um canal Mexicano, FUT e outro denominado Canal +1 Deports daquele tipo de jornalista, sabe, que parece VERDADEIRAMENTE GOSTAR DE FUTEBOL, que os jornalistas brasileiros deveriam, com eles, mexicanos, aprender a gostar e comentar o futebol, deixando o fel, a critica tola e contumaz em segundo plano.
    Bem, mas que saudade do Seedorf (e teve um imbecil que disse que ele não faria falta e que o Botafogo era muito maior do que ele… e do “poste” LOCO, que teria feito uns três gols hoje e mais tantos em outros; mas, é claro, ele é “loco” mas não bobo para servir de tapete para burro, imbecil, pretencioso MA, que pensou que a Globo, pelo fato dele fazer o papel de judas, traidor, o elevaria a política estadual…; não tive dúvidas quando vi o imbecil, agora comentarista, Dé, defendendo-o, ao dizer que ele herdou tudo de errado que havia no Botafogo antes de assumir…
    E ainda para aqueles torcedores da Estrela Solitária, mais linda do mundo, que, pensam, pasmem (!!!) que poderíamos ter um centroavante tipo Van Basten ou Soares, sem ter em conta que simplesmente temos uma torcida relativamente pequena e, em parte, responsável por este estado de coisas… LOCO, nesta altura do campeonato, seria uma dádiva divina.
    Mas há exceções sim, felizmente, uns 5 mil botafoguenses abnegados, que se dependessem deles fariam do Botafogo o maior do mundo. Aliás, para não esquecer, desde do primeiro dia, quem teve um olho, bastava um olho, viu que o presidente MA era demagogo do mais baixo nível…
    Contudo, na próxima gestão, vendo um mínimo de coerência, darei a minha modesta contribuição como sócio torcedor.
    Por fim: Só A TORCIDA E ALGUNS BOTAFOGUENSES ABNEGADOS SALVARÃO O CLUBE!!!
    Ah! Não se esqueçam de que há imbecil e derrotista também na Super Rádio Tupi; o principal deles, Eugênio Leal…
    Já o jornalista Marcio Guedes, que muitos o criticam, e esteve, em minha opinião, errado no episódio que se envolveu em briga com o Bebeto, é muito mais botafoguense dos que o criticam. No longínquo 1978 disse: “O Botafogo é vítima de incompetência histórica…” Talvez só não imaginasse que teríamos algo ainda pior: MA.
    Não obstante, o Botafogo, especialmente os jogadores precisam, neste momento, de APOIO INCONDICIONAL DA TORCIDA. Se alguém tem culpa, foi quem os contratou. Críticas ao time, nesta altura, transformam a tragédia numa TRAGÉDIA.
    Ah! Mas que saudade do João Sem Medo, do Rui Porto e do Eli Mendes!!!
    E que horror a transmissão remissiva do final da copa de 2006 da FOX, cujo locutor Marco de Vargas, durante a transmissão inteira não parava de anunciar: “daqui há pouco vocês verão a cabeçada do Zidane no Materazzi” (ao invés de reverenciar a história do gênio francês).

  3. Marcelo, talvez o “acabou o amor” seja a expressão do: “acabou a esperança “.
    Não é o momento de discutir a saída dados 4 “cavaleiros do apocalipse”.
    Queremos discutir os salários atrasados. O silêncio do Engenhão interditado. O Húngaro como técnico na Libertafores. A penhora das receitas, … Etc.
    Queremos saber porque ninguém do conselho interditou o louco.
    Porque a torcida não interfere nesta bagunça.
    Estão acabando com o Botafogo e o “dentista” continua nos destruindo.
    Não é possível!
    Nosso patrimônio e nossa estrela esta sendo insultada.

  4. Aqui estamos no lugar que a incompetencia nos trouxe.
    Parabens sr. “dentista”. Parabens diretoria ridicula.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s