Ceará 3 x 4 Botafogo: Os heróis da noite

Tem uma música do David Bowie, uma das mais conhecidas do cantor inglês, que não sai da cabeça depois da noite de ontem. No refrão de “Heroes”, Bowie decreta: “Nós podemos ser heróis/ Ainda que apenas por um dia…”.

O Botafogo foi heroico no Castelão. Superou a desvantagem inicial do placar, já que o Ceará conseguiu a vitória no Maracanã, e teve de superar também a perda precoce de Daniel, que saiu antes dos 30 minutos com suspeita de entorse no joelho. Superou ainda a insegurança de Andrey, que falhou no terceiro gol dos cearenses, superou a pressão da torcida… enfim, deu uma aula de superação. Edilson, Yuri Mamute, Cachito, Gabriel, Emerson, Bolívar, Wallyson  honraram a camisa, honraram em especial a parte do hino que diz: “Foste herói em cada jogo”. Com os gols necessários e muito espírito de luta, eles e os seus companheiros foram os heróis da noite e, por não saberem que era impossível, foram lá no Ceará e fizeram: ganharam um jogo perdido.

Dois gols nos acréscimos? É, tem coisas que só acontecem com o Botafogo… ainda bem! Sete anos depois da tragédia no Monumental, o torcedor botafoguense teve direito a uma noite de River Plate. E com André Bahia, quem diria, no papel de Falcao García.

Foi uma noite muito especial. Uma noite de incredulidade, de arrebatamento, de encanto. Uma noite gloriosa.  E que venha o Santos. A julgar por essa noite, os deuses querem ver o brilho da Estrela.

 

 

Anúncios

Uma resposta para “Ceará 3 x 4 Botafogo: Os heróis da noite

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s