Botafogo 1 x 0 Chapecoense: Mais uma goleada

Foi contra um time catarinense, o Criciúma, que o Botafogo conseguiu o seu mais elástico resultado no Brasileirão: 6×0, três gols do Daniel.

Nesse sábado, novamente no Maracanã, o alvinegro conseguiu mais uma importante vitória contra um time de Santa Catarina, dessa vez em cima da Chapecoense. Foi 1×0. Foi pouco? Não. Foi outra goleada.

Os gols não vieram com a mesma facilidade do que ocorreu contra o Criciúma por dois motivos: Daniel em noite apagada, e Tanque Ferreyra, pela segunda partida consecutiva, nos presenteando com incessantes e renhidos combates com a bola.

cachito1

Em compensação, não apenas pelo belíssimo gol, de repercussão internacional, Cachito Ramírez teve sua melhor atuação com a camisa alvinegra. O peruano, em especial no primeiro tempo, fez o que de há muito faltava ao alvinegro: ligação do meio com o ataque, o que estava sob responsabilidade exclusiva do Zeballos, que, obviamente, por causa das suas limitações, não dava conta.

Lá atrás, de novo Aírton foi soberano enquanto esteve em campo. É notável como o volante subiu de produção desde a chegada do Mancini, e tem impulsionado também a melhora do Gabriel. Com a sua saída, e a entrada do inócuo Bolatti, o Botafogo passou a correr riscos e, não fosse mais uma intervenção milagrosa do Jefferson (e das costas do Jefferson), quase sofreu o empate.  Só não sofreu por causa do goleiro que temos (“um dos melhores do mundo”, como destacou o zagueiro adversário Rafael Lima, no final do jogo) como também pela torcida que foi ao Maracanã. O incentivo dos torcedores foi FUNDAMENTAL para garantir três pontos importantíssimos na briga que nos coube no Brasileirão 2014: o combate  para escapar da parte mais baixa da tabela.

Percebe-se que, com Daniel e Cachito, não cabe Cazalberto nesse time. E que, para a iminente volta do Emerson, Mancini terá de testar o Sheik no lugar do Ferreyra ou do Zeballos (eu ficaria com Daniel e Cachito como titulares). De toda forma, ao repetir a escalação que ganhou dos grenás e perdeu para o Figueirense, o técnico demonstra ter encontrado o seu time titular – e são eles que tentarão nos salvar da degola, pois as outras opções no banco (Mamute, Rogério) só servem para um ataque de nervos.

PS I: Edilson fez uma partida lastimável. E, com a saída do Lucas, é a única opção para a lateral. Preocupante.

PS II: Quase 20 mil presentes. Bom público, pode melhorar.

PS III: André Bahia fez uma partida discreta e segura. Mas não concordo com a barração do Dória.

PS IV: A camisa cinza fica mais bonita quando o time ganha.

Foto: Lancenet!

 

 

Anúncios

2 Respostas para “Botafogo 1 x 0 Chapecoense: Mais uma goleada

  1. Infelizmente, este ano vai ser assim, uma vitória em casa e, se pelo menos conseguisse empatar fora de casa, mas, não tem sido assim. Talvez não cheguemos a ser rebaixados, mas o rojão vai ser este.

    SB

  2. E tem gente que não enxerga o Edilson tão ridiculo assim!!!! Mais uma partida em que ele não acerta um cruzamento,uma falta sequer,um cornezinho descente!!!! Tá brabo!!! E ele ainda se acha o dono do time!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s