São Paulo 1 x 1 Botafogo: A face oculta

protestodobotafogo

“Botafogo foi um dos times que fez 30 jogos em 90 dias. Vendeu 6 jogadores e colocou um campeonato nas costas de um jogador de 37 anos.”

A análise acima, via twitter, é do jornalista Marcelo Bechler, da Rádio Globo de São Paulo. Em duas frases, ele traz a lucidez de quem enxerga de fora e percebe um dos problemas ocultos do Botafogo na temporada 2013.

Sim, Seedorf perdeu, no Morumbi, um gol que poderia nos ter garantido a vitória que nos levaria novamente ao G4. Mas o holandês perdeu porque estava lá para tentar – não tínhamos a frieza do Fellype Gabriel e o ímpeto do Vitinho,  subtraídos por uma administração vacilante e  amadora, que nos fez ter, ao final do Brasileirão, um elenco tecnicamente mais fraco do que no início do Campeonato Carioca, como lembrou outro dia o Murilo aqui nos comentários.

Sobre o jogo, o placar refletiu a partida: São Paulo dominou as duas primeiras metades dos dois tempos, Botafogo foi melhor dos 25 minutos em diante.

Quase perdemos: três bolas nas traves em 15 minutos, tudo porque o time estava vulnerável no meio e nas alas.  Foi um massacre como poucas vezes passamos nessa competição. Mas quase ganhamos, depois que o Oswaldo (um pouco tarde) percebeu que suas apostas para garantir os três pontos – Hyuri e Renato – não estavam jogando rigorosamente nada e, pior, deixavam perigosíssimos espaços para o adversário. Com a entrada de Bruno Mendes, Mattos e Lodeiro, o Botafogo voltou a ser perigoso e criou chances que poderiam ter nos garantido a vitória.

De novo, mesmo com os nervos à flor da pele, vale ressaltar: Seedorf não é problema – sem ele, já teríamos saído dessa briga pela Libertadores há muito tempo. Nossa torcida também não é problema – sem ela, também não teríamos impulsionado o time a vencer partidas como contra o Corinthians no Maracanã. Quem fica nessa discussão acaba alimentando o apetite de quem torce contra o Botafogo.

Os problemas passam pela ausência de  planejamento, pelos erros cruciais na  montagem de elenco, pelas omissões e equívocos da comissão técnica e pela falta de cobrança em relação à inexplicável queda de rendimento de jogadores que, como não foram utilizados integralmente na temporada, poderiam fazer a diferença nessa reta final – como o Renato, por exemplo. E nenhum desses problemas é visível, não entra em campo, não chuta para fora ou balança as redes.

Vamos em frente.

PS I: Gostei bastante da dedicação de Cristiano Elias (“Eu estou aqui!”) e Dankler.

PS II: Houve um pênalti, claro, no Seedorf que só duas pessoas não viram: o juiz e o comentarista, Belletti, que mencionou um “puxão normal”.

PS III: Como  observou o Thiago Pinheiro, ganha um autógrafo do Rafael Marques quem explicar o motivo de o São Paulo ter entrado com tanto apetite em um campo pesado por causa da chuva,  a três dias de um jogo decisivo.

PS IV: Achei esse protesto no Morumbi do Bom Senso FC, de os jogadores ajoelharem em campo (foto acima), meio desconjuntado, quase birra infantil. Dessa vez, foi bola fora dos organizadores do movimento que tenta melhorar a qualidade do futebol brasileiro

Anúncios

3 Respostas para “São Paulo 1 x 1 Botafogo: A face oculta

  1. É. O papo é o seguinte: o resultado de hoje foi normal. Empatar com o São Paulo no campo deles é um resultado aceitável. A única coisa que não é aceitável é ver o time passar o campeonato todo (com raríssimas exceções) jogando a 10 por hora, como se fosse a primeira rodada do Cariocão e se estivéssemos ganhando de 4 a 0. E é isso que vemos o tempo todo no Botafogo. Vimos hoje de novo. Os jogadores do São Paulo passaram a partida toda rindo, não queriam nada com nada. Parece que o time acha que pode ganhar a qualquer momento de qualquer um e definitivamente não pode. E não pode porque não tem jogador para isso. O Seedorf está claramente no bagaço. Se o time não se classificar para a Libertadores, duvido que fique para 2014. Os “reforços” que chegaram são de dar risada. E lembrar que nas primeiras partidas do Hyuri teve gente pedindo para triplicarem o salário dele para não ocorrer de novo o efeito Vitinho. Enfim, ano vai chegando ao fim e dá toda a pinta de que vai ser exatamente como vários outros que ficaram para trás. Muita expectativa, pouco resultado. Pena.

  2. O time do Botafogo esta num enorme bagasso (n tenho cedilha) fisico. Isso eh muito visivel. Obvio que todos estao mas o Botafogo parece sentir mais pela falta de reposicao…Marcelo Matos melhorou o time hoje, mas eh visivel que ele nao aguenta mais jogar….O Seedorf, nas circunstancias, conseguiu jogar um bom futebol. O empate nao foi ruim pq poderiamos ter perdido em varios momentos….Eh obvio que sao muitos “se”, mas se o Goias perder pro Gremio, estaremos dentro com 4 pontos. Isso se tiver G4 mesmo..

  3. Marcelo,

    Sabe o que me deixa mais preocupado? É que muitos defendem a gestão do Omisso Omissão!
    Os erros são os mesmos desde 2009! Montagem de elenco, vendas de jogadores no meio de uma competição, falta de ambição e cobranças aos jogadores! Insistir com um técnico que não tem visão de jogo e sempre demora a substituir.

    Trabalhei por cinco anos em SP (2003 a 2008) e de 1998 até 2003, também a trabalho, conheci toda a região Sul, Sudeste, Nordeste e no norte apenas a capital do Acre, Rio Branco. Digo isso para tentar explicar (acho que seja isso e não sou o dono da verdade) o motivo do SP jogar com empenho. Nessas minhas viagens, principalmente em Sampa, descobri que os caras (imprensa e torcedores rivais) não nos respeitam. Não dão ao mínima para o Botafogo! Acham que somos piores que o Botafogo de Ribeirão Preto!

    Hoje, veremos no programa esportivo de canal fechado, mais uma vez o Seedorf responsabilizar o maior patrimônio do clube pelo possível fracasso de títulos e classificação para Libertadores! Defenderá seus pares com a cantilena que fizeram muito mais que os outros jogadores que passaram pelo clube. Fizeram o quê? Fizeram igual, inclusive um título estadual e desclassificações vergonhosas!
    Se tivéssemos uma direção competente e atuante, proibiria qualquer funcionário de peitar, enfrentar ou criticar a razão de um clube de futebol, Sua Torcida!
    Porém, é muito mais fácil jogar a omissão, submissão, subserviência, incompetência nas costas de terceiros!

    Abs e Sds, Botafoguenses!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s