Botafogo 1 x 0 Atlético-MG: Primeiro, o alívio

Uffaaaaaaa!
Fooogooooo!!

ganhardogalo

Mais importante do que jogar bem, convencer, fazer uma grande partida, dar show de bola, tudo isso junto, era VENCER O JOGO.

Pra quem deseja permanecer na briga pela Libertadores, um tropeço teria sido catastrófico nesse sábado, especialmente depois do que aconteceu na quarta-feira.

E não foi fácil conquistar os três pontos: mais uma vez, o time criou pouco e, quando criou, desperdiçou – o gol que Alex perdeu no primeiro tempo foi um prenúncio de que seria complicado garantir a vitória diante da incompetência de nossos atacantes. O adversário, por outro lado, teve em Tardelli o seu atacante mais perigoso, criando situações que deixavam nossa defesa vendida e restando apenas as mãos e a presença de espírito de Jefferson para evitar a chegada da bola nas nossas redes.

Sim, meus amigos, Jefferson novamente fez a diferença, com saídas precisas e duas defesaças no segundo tempo. Dizer que ele é o melhor goleiro do Brasil, na boa, é insuficiente para constatar a regularidade de suas atuações. E outro que fez a diferença foi Julio Cesar, enfim voltando a brilhar em lance de habilidade, que desembocou no único gol da partida. Fora os dois, poucos destaques – gostei da volta do Gabriel no lugar do Renato, mas a verdade é que o sistema defensivo alvinegro está muito mais exposto do que no início do Brasileirão. Seedorf não fez uma boa partida, idem Rafael Marques, muito menos Lodeiro, que entrou na segunda etapa.

Mas, volto a dizer, o importante nesse sábado era obter o alívio trazido pela vitória. E, a partir de agora, poder desfrutar da semana de intervalo entre um jogo e outro pra descansar e se preparar para as sete partidas que faltam para garantir a Libertadores.

Acho que, se o Elias de fato voltar contra o Goiás, teremos um time mais objetivo na hora de finalizar, com RMarques mais recuado, quando rende melhor, e um centroavante lá na frente disposto a trombar com zagueiros para balançar a rede.

Voltamos para a briga. E três de nossos adversários diretos ainda vão se desgastar pela Copa do Brasil.

Não é hora de desistir.

Vamos em frente, Botafogo.

Foto:portal Terra

 

Anúncios

4 Respostas para “Botafogo 1 x 0 Atlético-MG: Primeiro, o alívio

  1. Não assisti a tragédia de quarta a noite, estava no Mané Garrincha. Agora estou em Gramado/RS e sempre que viajo o Fogão vence.

  2. Não entendi e não aceito a provocação do J. Cesar.
    Acho que ele, e a maioria dos jogadores do futebol brasileiro, não sabe que quem paga pra ver qualquer espetáculo tem todo o direito de aplaudir ou vaiar.

  3. http://futpedia.globo.com/campeonato/campeonato-brasileiro/2011#/fase=fase-unica/rodada=32

    Amigos, por que o Botafogo não foi campeão brasileiro em 2011??

    Que Botafogo esperaremos nessa reta final? Chegaremos à Libertadores este ano?
    Para isso, acredito que precisamos nos firmar no G3, pois o G4 se torna muito instável com o São Paulo na Sulamericana jogando desse jeito….

    SA

  4. Marcelo,

    As desculpas de cansaço não serão, ou melhor, não poderão mais ser utilizadas!

    Agora o OdeO, incoerente monge japonês, terá uma semana para treinar a saída de bola e cobertura aos laterais.
    Que os jogadores treinem bastante finalizações, cobrança de escanteios e recomposição da defesa, quando cobramos esses mesmos escanteios.

    Voltamos ao G2, pois o fraquíssimo time do churrasqueiro está caindo de quatro!

    Abs e Sds, Botafoguenses!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s