Botafogo 2 x 2 vasco: Erros e riscos

Como não o fez contra o Vitória, quando seria mais apropriado, acho que o Oswaldo acertou ao poupar sete titulares no clássico desse domingo. Mas…

botafogovascoout

Errou feio em duas decisões decorrentes dessa estratégia para o confronto de quarta-feira, pela Copa do Brasil.

O primeiro erro: Poupou jogadores demais, desfigurando o time e entrando em campo com um bando de garotos, acrescido de uma zaga que nunca foi titular. Muitas apostas de uma só vez – e, exceção do Gegê, quase nenhuma delas rendeu nada. Hyuri, Octávio e Lucas Zen, nesse sentido, foram os mais irritantes – sendo que este último, ao conceder um escanteio de forma ridícula, acendeu o estopim da reação do adversário.

O segundo erro: Não ter relacionado alguns dos mais experientes para o banco, para ter opções no segundo tempo, caso a vantagem estivesse ameaçada. Foi o que aconteceu. O Vasco tinha Juninho no banco e nós apenas o Renato. Era pouco. Juninho entrou em campo, mandou na partida, apavorou nossa defesa e, não fosse mais uma intervenção MONUMENTAL do Jefferson, teríamos perdido três pontos. Renato melhorou nosso meio, mas sua experiência foi insuficiente para nos dar ao menos mais um gol.

Sobre o jogo, pra manter a tradição, aconteceram coisas que só acontecem nesse clássico. De algum tempo pra cá, quase sempre a nosso favor. Nem o mais otimista alvinegro (se ele existir) acreditava que poderíamos ter uma vantagem de dois gols em menos de dez minutos, graças ao ímpeto de atacar e às falhas do goleiro vascaíno. Era necessário segurar a vantagem, o que foi feito com certa tranquilidade na primeira etapa, mas era necessário tentar ampliar. E aí faltaram qualidade e experiência para Sassá, Hyuri e turma. O mais perigoso acabou sendo o desconhecido Daniel, que entrou no final e fez o que deveria ter sido feito ao longo de toda a segunda etapa: chutar forte, pois o goleiro adversário sempre rebatia essas bolas. E, mesmo com pouquíssimo tempo, Bruno Mendes mostrou boa movimentação. Quem sabe ele engrena uma sequência de gols na reta final, como no ano passado. Outra boa notícia foi a atuação do Lodeiro: além do gol, muita qualidade e correria.

botafogovascoout2

Agora, os riscos: a permanência no G4 está, a cada rodada, mais instável, pois o nosso aproveitamento caiu muito e outros times (agora é a vez do Goiás) estão chegando na briga. Então, os dois pontos que deixamos escapar hoje podem fazer muita diferença no final. Nossa posição não é tão tranquila assim para abrirmos mão de uma rodada. E a Copa do Brasil continua sendo uma incógnita.

Oswaldo arriscou. E muito. Que, ao final do ano, ele tenha acertado mais do que errado. Nas duas competições.

Anúncios

5 Respostas para “Botafogo 2 x 2 vasco: Erros e riscos

  1. Marcelo,

    Quando dependemos do Renato enceradeira para algo é daí que nada acontecerá!
    O que me deixa revoltado é que o OdeO e o Botafogo só escalou os reservas pois, como sempre, vem a reboque dos outros. Não tenho a menor dúvida que só fizeram isso devido o esgoto da Gávea ter poupado alguns.
    A minha certeza é devido os jogadores que tinham cartões amarelos não terem provocado o mesmo no jogo contra o Vitória. Não terem treinado finalizações (estamos péssimo), posicionamento da defesa (mesmo OdeO dizendo que treina – se treina, treina errado ou cobra pouco) na semana passada.
    Se foi planejado, qual o motivo do Gilberto não jogar ontem para ganhar ritmo para quarta-feira, nem que fosse um tempo?
    Vamos aguardar e ver se os titulares se apresentam hoje de manhã para treinarem ou se farão apenas aquela academia regenerativa que fizeram semana passada.

    OdeO é arrogante, irritante, incoerente e incompetente! Que o “curinthians” ou qualquer outro clube traga um caminhão de dinheiro para levar o monge japonês para bem longe de General Severiano . Que vá meditar em outras terras.

    Abs e Sds, Botafoguenses!!!

  2. O Campeonato Brasileiro eh longo e com a Copa do Brasil cresce ainda mais o número de jogos. Isto eh verdade pra todos os times que os disputam. O Que vale para o Botafogo eh a realidade do Grêmio e do Atlético (Pr ), por exemplo.
    Quem tem mais elenco, mais preparo físico e psicológico sobrevive.
    Sem desculpas, por favor!

  3. Não vi o Grêmio se poupando ontem, nem o Inter, nem o Goiás, nem o Atlético-PR e por aí vai. Se der certo, com uma excelente vitória na quarta-feira, ótimo. Se não der, neguinho vai fungar na nuca do Oswaldo, assim como outros times já estão fungando na nossa no Campeonato Brasileiro.

  4. Desta vez sou forçado a concordar com o Silvio Porto Alegre. O Goiás jogou pra ganhar com o seu time titular, tanto quanto o Inter e o Grêmio o fizeram. E pra ganhar do flamengo os nossos jogadores bem que poderiam fazer uma forcinha a mais e jogar três partidas numa semana. Espero que quarta-feira eles entrem bem descansados e lembrando que não faz 15 dias que ganharam do urubu – é só repetir a dose, o que aliás, no momento não é coisa tão difícil, convenhamos!

    Sds botafoguenses

  5. MArcelo, concordo com voce. Não há coisa mais irritante do que os 3 patetas, Hyuri, Octávio e Lucas Zen, principalmente o ultimo. Descordo sobre o Lodeiro que pelo excesso de individualismo, fazia com quem ninguem corresse com ele nos contra ataques. Mas um pouquinho da vontade do Lodeiro para o Renato, teriamos levado os 3 pontos nesta e em outras partidas.. abc.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s