Santos 1 x 2 Botafogo: Mais do que guerreiros

Uma vitória importantíssima.

Porque foi obtida nem tanto na técnica, mas na valentia. Como na jogada inteira do primeiro gol, que começa na lucidez do Seedorf, a técnica do Julio Cesar, a raça do Rafael Marques e culmina na coragem do Elias.

Estamos na briga, nos consolidando no G4, abrindo distância para os que também querem a Libertadores e prosseguindo na caça á Raposa. E nada de considerar quarta-feira como final antecipada, esse tipo de clima só interessa a quem tem o mando de campo: vale lembrar que, depois do jogo no Mineirão, ainda faltarão 16 partidas. E nossa tabela terá momentos menos complicados do que o time azul.

O importante por enquanto é celebrar essa vitória dificílima na Vila Belmiro, com dois gols de Elias, gols típicos de quem se dedica ao máximo durante os 90 minutos. Gols de oportunismo e rapidez de decisão, gols que não concorrerão aos mais bonitos da rodada, mas feitos com muita coragem. Na marra. Na linha “Se hoje só pode ser assim, é assim que vai ser” – e nesse sentido o Elias tem sido extremamente útil, tem sido o centroavante que precisamos ter nessa reta final, que não tem medo de fazer gol feio, quer mesmo é balançar as redes.

eliasdoisgols

Elias foi destaque com dois gols, mas não dá para deixar de mencionar a partida monstruosa do Marcelo Mattos,  o único volante do time com a ausência do Gabriel,  a segurança do Julio Cesar e a boa mexida do Oswaldo, que colocou Octávio e Gegê no final e os garotos souberam segurar a bola no campo do adversário, com inteligência e surpreendente desenvoltura.

Todos se empenharam muito, mesmo quem esteve abaixo do que pode render, como Seedorf, que parece estar muito cansado pela maratona de jogos, e nesse domingo ainda enfrentou marcação dura (e, algumas vezes, desleal) e ficou sobrecarregado com as ausências do Gabriel e Lodeiro. Como o próprio holandês falou ao fim do jogo, “O Botafogo está com fome”.

Time de guerreiros? Não, com o Botafogo é diferente.

Esses jogadores têm sido HERÓIS EM CADA JOGO.

Dá um orgulho danado vê-los em campo.

Foto: Lancenet!

Anúncios

5 Respostas para “Santos 1 x 2 Botafogo: Mais do que guerreiros

  1. Verdade, Marcelo! “Nada de considerar quarta-feira como final antecipada”. Até porque as próximas rodadas são as seguintes. Botafogo terá uma sequência de quatro jogos no Rio. Dois adversários teoricamente mais fracos em casa, Bahia e Ponte Preta, o clássico contra o Fluminense e depois o Grêmio também em casa, depois o Náutico, já rebaixado, fora.

    E o Cruzeiro pega Corinthians e Inter fora. Depois dois jogos teoricamente fáceis, Portuguesa em casa e Náutico fora. Depois São Paulo em casa. Na 28ª rodada, há 10 rodadas do fim, Botafogo e Cruzeiro terão, respectivamente, os clássicos contra Flamengo e Atlético.

  2. Com a saída do Gabriel, o Marcelo Mattos ficou sobrecarregado e, ainda assim, tem sido, disparado, o melhor jogador do time desde a partida contra o Coritiba. Que o Gabriel possa voltar logo!

  3. Muito feliz com mais essa vitória do Fogão. Gostaria de ver o Botafogo jogando com Hyuri, Lodeiro, Seedorf e Rafael Marques no ataque, mas a fase de Elias é tão boa que não dá para tirá-lo. Impressionante o trabalho de Oswaldo de Oliveira que continua a tirar o máximo de cada jogador.

    Vamos que vamos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s