Portuguesa 1 x 3 Botafogo: Verdades e certezas

CAMPEONATO BRASILEIRO - PORTUGUESA X BOTAFOGO - CANINDÉ

 

Pra permanecer no ponto mais alto da tabela, é preciso bater sempre os últimos colocados, dentro ou fora de casa.

É preciso demonstrar vontade de vencer. E jogar o suficiente para construir a vitória, sem correr riscos de perder pontos praticamente conquistados.

O Botafogo precisou de apenas 45 minutos para mostrar o que pretende nessa etapa do campeonato.

Depois de um primeiro tempo lamentável, com muitos erros de passe, pouca movimentação e diversos vacilos na defesa, o Botafogo chegou ao Canindé na segunda etapa.

E aí se impôs como deveria ter feito desde o início.

A verdade é que Seedorf, mal como todo o time na primeira etapa, não pode ser substituído, somente em casos extremos.  Mesmo longe de suas melhores atuações, participou dos três gols: cobrou escanteio na cabeça do Bolívar, fez a parede para Rafael Marques e ainda construiu linda jogada para a conclusão do Elias. De novo, o holandês fez a diferença a nosso favor.

Outra verdade é que Rafael Marques fez um belo gol e não faz mais sentido falar em barrá-lo. Mais uma verdade: Lodeiro não jogou bem e, depois que foi substituído, o time deslanchou (também coincidiu com a expulsão do Oswaldo).

E, pra encerrar as afirmações, a verdade é que, com Jefferson, temos muito mais segurança do que com Renan. Como definiu Luis Roberto na transmissão da Globo, “Jefferson o milagreiro”.

Mais importante, porém, do que o resultado foi perceber a consolidação de uma certeza: esse time está muito afim de ganhar. Esse time tem tesão pela vitória. Esse time até discute dentro de campo pra garantir o resultado.  Esse time quer colocar a faixa no peito.

CAMPEONATO BRASILEIRO - PORTUGUESA X BOTAFOGO - CANINDÉ

 

Esse time tem técnica e garra. Ok, não temos as tais peças de reposição. Mas temos um grupo de jogadores empenhados em obter o máximo. Se vão conseguir ou não, é outro papo. Mas tem sido muito bom vê-los em campo. Faz bem à nossa estima, à nossa história, aos nossos sonhos e aos nossos filhos.

Não é pouco.

Anúncios

9 Respostas para “Portuguesa 1 x 3 Botafogo: Verdades e certezas

  1. Se quem estava em casa delirou….o que dirá quem esteve por lá no Canindé(momento que to comentando aqui…ainda iria fazer o post no meu blog). Sensacional, a parte visitante estava lotadíssima a ponto da polícia ter que abrir a porteira do cordão de isolamento feito e sem contar que posso ter falado uma tremenda besteira, mas se tinha mais botafoguense que torcedor lusitano no Canindé.
    Fiquei rouco sem problemas, afinal não escondo o time q torço! Foi espetacular, jogamos mal…tá valendo a vitória e nada de gol no finalzinho embora o gol de empate foi bem parecido ao gol na quinta que deixou todos nós putos da vida. E essa arbitragem ruim hein?
    ótimo post cara!!!
    Tava todo mundo mal ali, e milagre o Oswaldo mexer com menos de 20 do segundo tempo hein….botou o Elias e tudo resolveu. E Vitinho e Lodeiro jogaram nada, Rafael Marques apesar do gol estava no seu normal de ruindade.
    Valeu a vitória e quem esteve no Canindé seja carioca, paulista ou até de outros lugares….foi pé quente sem dúvida alguma!!
    E claro que sobre como foi a torcida lá….vou contar no post do blog, mas uma adiantadinha aqui é o fato da torcida quando se saia pra ir embora mtos gritando a música “ninguém cala”(que foi cantada em momentos que juro que quase gritei: NÃOOOOOOOO CANTEM ISSO CACETE!), e durante o jogo teve muito apoio da torcida em todos os instantes por mais que rolava cornetagem ou outra com a péssima primeira etapa.
    Abraço
    Igor(@igorsausmikat)
    meu blog de esportes: http://igoresportes.blogspot.com.br/ e no twitter @blogdoigor05

  2. Mais uma semana na liderança. Muita inveja, mas como diria o inesquecível Ibrahim Sued (quem não souber quem foi ele, vá ao Google) – os cães ladram e a caravana passa…
    A estrela está lá no alto, solitária e brilhante – iluminando o Glorioso.
    O resto é – deixa pra lá, desta vez, não tem resto!

  3. Partida horrível (gramado ruim e Portuguesa catimbando já no 1º tempo, era quase um minuto para cobrar lateral ou tiro de meta), mas o que importa são os três pontos e a liderança.

  4. O melhor foi a narração do Luis Roberto em 2 gols do Botafogo: “Goooll, do Glorioso!”

  5. De vez em quando mas muito de vez em quando, a “Grobo” nos dá essa colher de chá. Alguém me corrija se estiver enganado mas acho que o Botafogo é o único time que não tem torcedor no casting de narradores e comentaristas dessa emissora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s