Vitória 2 x 1 Botafogo: Uma vergonha e algumas certezas

Eliminado, em casa, de virada, por um time da Série B? O Brasileirão promete.

Após mais um vexame no Engenhão, não vou perder meu tempo  nem o de vocês (já leram isso por aqui, né?) com o desfiar de lamúrias e xingamentos.

Só vou compartilhar algumas certezas:

– A diretoria de futebol, e obviamente a comissão técnica, deveria ser demitida antes do Brasileirão. Pois o discurso do sr. Oswaldo era que veio para ser campeão – ganhou um turno do Campeonato Carioca, foi transformado em gênio tático, arrotou convencimento, foi goleado no primeiro jogo da decisão, acordou desclassificado da Copa do Brasil.

– Com esse time sem sangue e obviamente sem o apoio da torcida, vamos correr sérios riscos de rebaixamento.

– O Botafogo 2012, quem diria, sofre de dependência de Fellype Gabriel.

– Jefferson e Marcelo Mattos cometendo falhas bisonhas em um mesmo jogo. Sinal mais evidente que o barco está afundando e, nesse ritmo, até os bons jogadores serão traídos pelos nervos. Os medíocres estão contaminando os valorosos. Não vai sobrar ninguém.

–  O pai-de-santo do Alessandro, pelo trabalho impecável que fez para cima do Lucas, merece o prêmio de Profissional do Ano.

– Elkeson, meu filho, seu lugar é no divã: se você jogasse tudo que você acha que joga, estaria no Barcelona.

– Por falar em divã: A euforia do Luiz Carlos Junior gritando “É  a segunda expulsão do Lucas em dois jogos!”, somada à insistência do locutor do SporTV em apregoar e enumerar os vexames alvinegros,é caso que também só podem ser explicados à luz da psicanálise. Até o Pereirinha reparou – e se enfureceu.

– Loco Abreu, esse discurso que isso é apenas futebol, ninguém morreu, só vale nas derrotas, né? Quando é para mitificar a cavadinha, a euforia é aceita sem fazer objeções. Seja coerente no discurso – e, mais importante do que demonstrar habilidade com as palavras, faça os gols que você é pago para fazer (perdeu dois nessa quarta-feira).

– Já esqueci do duplo vexame em menos de sete dias e stou me preparando para ir ao aeroporto receber o Seedorf. Ele vai chegar no mesmo voo em que o Diego desembarcou no ano passado.

Botafogo, eu te amo, mas você tem me deixado mal. Ainda tenho mínimo de amor-próprio para não ficar torcendo alucinadamente para o Marcio Azevedo acertar um cruzamento. De onde menos se espera, já aprendemos, é de lá mesmo que não sai nada.

Glorioso, faça por merecer o meu sentimento – e dos que vieram antes de mim, e dos que chegaram depois de mim. Não precisa muito, a gente é fácil de ser (re) conquistado.

Basta um mínimo de competência, dedicação, entusiasmo, raça. Um mínimo de retribuição. Por enquanto, e acredito que por um bom tempo, vou ter que promover uma dolorida alteração no slogan que está impresso na nova camisa. Ficou assim: Tenho Vergonha, Sou Fogo.

Pois o meu Botafogo, o Botafogo que eu aprendi a amar, é coisa para se guardar no lado esquerdo do peito. E preservado de tanta mediocriade.

Qualquer dia, amigos, eu volto a encontrar o Botafogo.

Qualquer dia, Botafogo, a gente vai se reencontrar.

Anúncios

9 Respostas para “Vitória 2 x 1 Botafogo: Uma vergonha e algumas certezas

  1. Esse grupo – Ou plantel – é o mesmo que tremeu na reta final do Brasileirão 2011. Minha conclusão é a seguinte:
    Vasco:Ihhh!!! Deixaremos de ser vices.(Tremedeira). Botafogo:Ihhhh!!!Seremos líderes.(Tremedeira).
    No encontro de Amarelos dá Botafogo.
    Abraços,
    Luis Celso

  2. Ser Botafogo é isso. Da euforia a tristeza profunda em menos de quatro dias. Domingo de manhã era confiança pura. Usava a camisa na feira. Hoje, sou o quê? Um ser que será sacaneado à vontade no trabalho amanhã.

  3. Este Osvaldo é um Caio Júnior com airbag. O Botafogo precisa de um técnico com perfil do Abel ou Felipão, que sacuda o clube. Chega de bonzinhos! Vergonha…humilhação…tristeza…

  4. Marcelo, vou parafrasear o grande Paulo Mendes Campos que um dia tirou férias do futebol – a partir de hoje estou de férias do Botafogo! Assim, a gente sofre menos e vive mais…
    E o pior dessas duas derrotas consecutivas (após aqule belo triunfo sobre o vasco), foi o amigo vascaíno que me ligou dizendo:
    – O Botafogo perdeu porque aquela bela gandula não foi escalada!
    E’ demais…

  5. Pode botar o treinador mais sortudo do mundo que chegando no clube, vira um tremendo azarado. A gente é que se ilude e pensa que torcemos por um clube grande, mas vendo a coisa friamente, a palavra GLORIOSO é a maior mentira do mundo.

    San

  6. Mais uma vez gostaria de deixar aqui aquele velho comentário que já fiz tantas vezes e que a cada dia (ou a cada derrota) se torna mais verdadeiro: não é técnico que ganha jogo, é jogador ! E os nossos são MEDÍOCRES. Ou seja, nada de espanto nessa derrota em casa para um time da Série B, que fez ontem gato e sapato do nosso. Gostei da passagem no texto sobre o Loco Abreu. É um jogador sofrível, que tem uma inteligência (fora de campo, bem entendido) acima da média e a usa para ora ser mal educado ora dar uma de filósofo. Fácil para ele dizer que é só um jogo, após mais uma derrota vexaminosa (na qual ele fez o de sempre: perdeu gols), quando o “salariozinho” de R$150 mil está na mão a cada quatro semanas. Difícil é para quem ganha um ou dois salários mínimos e mesmo assim separa o dinheiro do ingresso e vai até o Engenhão, para ser humilhado mais uma vez pela incompetência dos outros.

    Sílvio Porto Alegre

  7. Melhor eu não dizer nada,já falei tanta coisa,já sabemos que os defeitos são os mesmos e não é de hoje e ainda vimos diretoria influenciando imprensa,alguns torcedores e outros de que Carioca é mais importante que tudo e também outros detalhes.
    Só elogiar a postagem,ando muito sentido com o Fogão,é dureza!to intacto!
    Abraço
    Igor
    http://igoresportes.blogspot.com.br/ e no twitter @blogdoigor05

  8. Sempre amarei meu fogão. Sempre apoiarei e torcerei pra esse time que mora no meu coração… Acreditar já é outra história

  9. Marcelo,
    A mediocridade e incompetência do dentista, do vice e do gerente de futebol está contagiando a todos. Vendo jogos de outros times tenho a sensação que qualquer jogador que vista ou venha vestir a camisa que possui o escudo mais lindo do mundo se torna incompetente, mediocre e esquece o que é futebol.
    A única coisa que esses incompetentes fazem com maestria é ensinar e estimular qualquer borra botas a desrespeitar o maior patrimônio do clube. Sua torcida!

    Abs e Sds, Botafoguenses!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s