Nota

Novo discurso, velhas caras. E um desabafo

“Quero entrega, doação. Que eles entendam que os jogos no futebol brasileiro são sempre muito difíceis. São equipes de altíssimo nível. No ultimo Brasileiro vi equipes com elencos excelentes sem alcançar os seus objetivos. A diferença tem que ser na entrega, na concentração”, afirmou Oswaldo de Oliveira, na reapresentação dos jogadores alvinegros nessa quarta-feira.

Não vai ser difícil para Oswaldo conseguir o que deseja: boa parte do elenco alvinegro sabe tudo de entrega – entregou direitinho a vaga na Libertadores, que já estava praticamente conquistada.

Brincadeiras à parte, a verdade é que o ano mudou, mas o desânimo continua. Sem a necessária reformulação no elenco e na direção do futebol, vamos continuar a depender de um milagre para conquistar um título expressivo na temporada. Andrezinho, um bom reforço; a volta de Jobson, uma incógnita – e é só. No resto, teremos  que aguentar Márcio Azevedo como titular absoluto na lateral esquerda e Fábio Ferreira, depois de uma péssima temporada, sem ao menos uma sombra de respeito. E cruzar os dedos para Elkeson, Maicosuel, Loco, Antonio Carlos, Lucas voltarem a jogar bola com regularidade.

(De Caio e Herrera, não espero nada, se fizerem um golzinho na semifinal do Estadual já estaremos no lucro)

No mais, é torcer muito para que Oswaldo consiga aproveitar a pré-temporada para montar um time realmente competitivo com o que encontrou nesse grupo. Um time seguro, consistente, impetuoso e criativo, que comece pelas mãos do Jefferson e passe pelos pés do Andrezinho. E, mais importante do que tudo, um time com fome de títulos.

Mas o desânimo é profundo, depois de tantas frustrações consecutivas, ano após ano, desde 2007 – o ano que não terminou (estamos com um título atravessado na garganta desde aquele fatídico ano em que encantamos, mas não ganhamos). Por isso, perdoem os intervalos mais longos entre os posts, especialmente nesse primeiro semestre. Compromissos profissionais cada vez mais intensos me impedem de manter a desejada atualização do blog.

De toda forma, mesmo se não fosse pelo trabalho, já tinha decidido que em 2012 tentaria não criar expectativas para não ser novamente surpreendido pela amargura da frustração. Por isso, não esperem grandes demonstrações de entusiasmo com eventuais resultados expressivos ao longo do Estadual ou no início da Copa do Brasil.

Nesse primeiro semestre, estarei como sempre de olho no que rola no gramado, mas de uma maneira bem desconfiada, para projetar o que nos reservará o Brasileirão.

Ser mais observador e menos torcedor, ao menos nesse momento, fará bem para o meu coração – e para os meus nervos . Porque paixão não pode rimar sempre com frustração. Nem com decepção. Em resumo, tomando como empréstimo o título de uma canção de uma banda que eu curto muito:

Botafogo, I love you – But You´re Bringing Me Down.

Anúncios

14 Respostas para “Novo discurso, velhas caras. E um desabafo

  1. Apesar das verdades sobre as mazelas do Botafogo, que podem ser superadas, sim, com o bom rendimento de peças importantes, como as que você citou, somando-se à dupla de cabeças-de-área, ao não citado retorno do Jobson, ao encaixe das (poucas) novas contratações – rezo todos os dias pelo tal chileno ou qualquer lateral esquerdo que nos livre da mediocridade do Azevedo – e até mesmo a uma ou outra eventual surpresa da base, pelo baixo astral flagrante desta coluna, é melhor mesmo que ela apareça cada vez menos, antes que outros comecem a imitá-la e embarquemos todos no pessimismo contagiante dos que só manifestam algo positivo quando navegamos em céu de brigadeiro.

    • Oi, Luis Maurício!
      Boa lembrança, a dos cabeças de área – o Marcelo Mattos realmente está devendo uma maior regularidade. Sobre o baixo astral, peço desculpas, mas os últimos anos não me deram muitos motivos para ser esfuziante em relação à Estrela Solitária. Como bem definiu o cronista alvinegro Arthur Dapieve, “no caso do Botafogo, o otimismo não compensa”. De toda forma, torço para que um dia chegue esse “céu de brigadeiro” que você menciona – até agora, nos meus 41 anos alvinegros, não tive a felicidade de enxergá-lo em todo o seu esplendor.
      Saudações botafoguenses,

  2. O ano de 2007 acabou. Você não sabia? Alessandro foi embora. Prevejo para esse ano melhores momentos para o Botafogo! 🙂

    • Pois eu acho que 2007 só vai acabar qdo a gente ganhar um título de expressão nacional, Marcos Celso, pra aliviar a pressão que nos aflige desde quando tivemos, ao mesmo tempo, as maiores esperanças e as maiores decepções. Mas é bom saber da sua previsão, torço muito para que ela se concretize!

  3. Marcelo,
    Como você, nos meus 55 anos Botafoguenses, nunca vi céu de brigadeiro!
    Como você, estou terrivelmente pessimista para o próximo mandato (triênio) de (não) gestão do presidente reeleito.
    Desde 2009 são as mesmas desculpas, avaliações equivocadas, declarações contraditórias, contratações, problemas de conseguir patrocinadores e fornecedores.
    É só consultar e veremos o mesmo desse início de temporada. As únicas alterações são os anos e alguns nomes de jogadores, fornecedores e patrocínios. Infelizmente não mudam (ram) os nomes do presidente, do seu vice e gerente de futebol!

    Estarei, mais uma vez, na torcida por conquistas e crescimento contínuo do nosso amado Botafogo.

    Abs e Sds, Botafoguenses!!!

  4. VIDEO 1 – CAJU
    http://www.lancenet.com.br/novomaraca/noticias/novo-maraca-entrevista-paulo-cesar-caju/

    VIDEO 2 – LAZARONI
    http://globoesporte.globo.com/videos/bau-do-esporte/v/em-2001-tecnico-sebastiao-lazaroni-inicia-desafio-no-botafogo/1742413/

    02 VIDEOS QUE CONSIDERO BASTANTE PERTINENTE. 02 ÉPOCAS BASTANTES DISTINTAS.

    Cabe ao BFR, se Estruturar, Estruturar e Estruturar. Os títulos virão por conseqüência. Não virão títulos por decreto.

    As recentes conquistas do Santos, estão em função da Geração do Robinho e Diego, e Neymar e Ganso, os quais são frutos que o Santos vem plantando a + de 20 anos atrás.

    Hoje, está mais fácil eu convencer um jovem talento, a tomar gosto pelos caminhos do Paraná Clube do que pelos caminhos do BFR. Hoje, jamais um P.H.Ganso, sairia da Tuna Luso e chegaria à General Severiano. Hoje, o BFR ignora sua potencialidade no Território Nacional, não tem banco de dados nacional. Antes do CT de Mal. Hermes, já poderia ter chegado o CPDFNB (Centro de Processamento de Dados de futebol Nacional do Botafogo), comandados pela comissão de futebol do BFR
    Cabe ao BFR, se Estruturar, Estruturar e Estruturar. Os títulos virão por conseqüência. Não virão títulos por decreto.

    Saudações Gloriosas!

    Cléto Martins

  5. Ficou a mesma turma do ano passado, exceções de Alessandro, Gustavo e Everton, além da incógnita chamado Cortês. Se OdeO conseguir montar um bom esquema, os caras cooperarem e Loco Abreu não tumultuar, pode dar certo.
    Jobson é titular aonde quiser ser, basta jogar o que sabe, as trapalhadas sempre acompanham atletas talentosos como H. de Freitas, Garrincha, Edmundo, Romário, entre tantos.

    SB

    • Ainda acho que precisamos de mais reforços de qualidade, Guarafogo – especialmente para a zaga, lateral esquerda e ataque. O duro é se o time “encaixar” no Estadual e diretoria e torcida começarem a achar que é suficiente para atravessar o Brasileirão. Não é – e a gente já viu esse filme.

  6. VIDEO 1 – CAJU
    http://www.lancenet.com.br/novomaraca/noticias/novo-maraca-entrevista-paulo-cesar-caju/

    O Caju é um Potencial Fantástico das Riquezas da Gloriosa História do futebol Botafogo e Brasileiro.
    Alo departamento de marketing, alo Marcelo Guimarães, é preciso convocar cada Governador, cada Prefeito e cada Deputado Botafoguenses à convocarem o Caju para falar em suas respectivas regiões, sobre a Historia Gloriosa do Futebol Nacional, visão de fora do país para dentro, do Futebol Nacional e perspectiva para 2014.
    Saudações Gloriosas!

    Cléto Martins

  7. Vou sentir falta dos posts. Mas te entendo, também vou dar uma maneirada no Botafogo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s