Botafogo 1 x 2 Internacional: A consagração do Tinga-Ney

Ao final do jogo desse domingo no Engenhão, apareceu uma dupla de jogadores colorados, bem sorridentes, que deu entrevista um ao lado do outro e comemorou a importante vitória: Tinga-Ney.

Tinga-Ney, na verdade, foi a dupla que mais apareceu no Botafogo 2011.

Tinga-Ney que estava disputando o título.

Tinga-Ney que dava para brigar por uma vaga na Libertadores.

Tinga-Ney que era possível encarar a Sul-Americana com os reservas.

Tinga-Ney que tinha um meio-de-campo capaz de destruir e armar perigosamente.

Tinga-Ney que é possível ganhar uma partida sem chutar a gol.

Tinga-Ney, pela enésima vez, com a raça do Alessandro – os dois gols colorados foram nas costas dele.

Tinga-Ney também com Cortez e Elkeson, novamente horrorosos. O primeiro, então, nem se fala.

Tinga-Ney ainda que o Jefferson jamais falharia – nesse domingo, no primeiro gol, chegou o dia.

Tinga-Ney que o Loco seria raça o tempo inteiro. Não tem sido mais o caso.

Tinga-Ney que tínhamos time para brigar por título. Não temos, jamais tivemos.

Tinga-Ney, enfim, que arrancaríamos ao menos um empate no 20 tempo desse jogo contra o Inter, quando o time – graças ao empenho da turma que veio do banco, Felipe Menezes, Everton e Caio – conseguiu ter volume ofensivo e passou a ameaçar o gol de Muriel… aos 20minutos da segunda etapa.

Tinga-Ney que ainda disputamos alguma coisa esse ano.

Por isso, em nome da nossa saúde, faço um apelo: vamos de WO nessas duas últimas partidas. Será menos doloroso do que assistir, em mais duas oportunidades, a consagração de Tinga-Ney.

Valeu, diretoria, pela contratação.

Jamais esqueceremos do que essa dupla fez com o nosso ano de 2011.

Anúncios

16 Respostas para “Botafogo 1 x 2 Internacional: A consagração do Tinga-Ney

  1. Uma pergunta que me incomoda por não ter a menor noção de como iniciar um discurso de resposta. Sequer um raciocínio lógico que precede toda argumentação.

    “Onde foi parar o futebol de quase todo o time?”

    Sim, porque não se consegue 55 pontos e de repente não aparece mais nenhum. Nem dentro, nem fora de casa. Não ganhamos 55 pontos de presente.

    Assim, a pergunta persiste….

  2. Infelizmente, nosso BOTAFOGO não é time de chegada, o certo é que somos mesmo um cavalo paraguaio composto de um elenco que nada, nada e morre na praia.
    Antecipem as férias dessa turma, não renovem com Alessandro, Cortês, LAbreu, Herrera e esforço físico redobrado para o resto, porque chega de ídolos de mentira, de uma defesa peneira, de um meio de campo que não trabalha a bola e no ataque, um poste gesticulador de 35 anos, que achou uma boquinha no final de carreira e um maluco que não acerta nada.

    San

  3. Volto a repetir, cortez tem que ganhar o premio de piada do ano.cancelei o pfc e nao tive o desprazer de ver o foguinho.

  4. Esses pseudos jogadores exeto jeferson,abreu,renato e mmatos, o resto incluindo o caio burro acabaram c o nosso natal.

  5. Vou colar o trecho de uma conversa que tive com um amigo, expressa o que eu realmente penso:

    “o pessoal vai cair matando agora em cima da diretoria mas eu acho que o time foi bem montado, as contratações foram acertadas
    eu acho que num campeonato longo como o brasileiro todos os times oscilam, tem seus bons e maus momentos, mas o botafogo sempre que entra num mau momento afunda de vez
    entra em parafuso
    não sabe não se deixar abater, parece que é um problema crônico do clube, troca jogador, troca técnico, troca presidente e camareiro e o problema persiste
    o corinthians abriu não sei quantos pontos, parecia que seria campeão fácil, depois entrou numa fase terrível, perdeu de um monte de gente, empatou jogos fáceis, mas segurou a onda, conseguiu ter forças pra ajeitar a casa, dar a volta por cima e continuar na briga pelo título
    a diferença é essa, se fosse com o botafogo essa fasse ruim causaria estragos muito maiores, não teria volta, nunca tem
    quando o botafogo entra numa má fase dentro do campeonato, todos os torcedores já sabem que já era o ano”

    • Raphael,
      o problema é que nunca tivemos um elenco, mas um time com – vamos lá – sete, no máximo 8 titulares. E quando esses começaram a fraquejar, os outros também entraram em parafuso. Quem era excelente (Jeff, Loco, Renato), fraquejou; quem era bom (Cortez, Elkeson) sumiu; quem era ruim (Alessandro, Herrera), ficou péssimo. Aí não tem técnico que resolva.

  6. Sinceramente, se não conseguirmos um milgre só algo me confortaria neste final de ano:
    A DEMISSÃO DOS “IR”RESPONSÁVEIS PELO FUTEBOL DO BOTAFOGO: ANDERSON BARROS E ANDRÉ SILVA.
    Nem tanto pelo que fizeram de errado, pois tá claro que o planejamento deles não tá funcionando ou não nos serve.
    Há uma total falta de sintonia com a identidade alvinegra.
    Desde a zoação que sofríamos durante o jejum nunca me senti tão achincalhado: vice com direito a pagar o jantar; aluguel simbólico, “cadê vc, no Maraca e no Engenhão”, amarelada em reta final de brasileiro, nota da Anaf, técnico que achincalha o próprio time e a própria torcida (Joel e Caio Jr).
    E não aparece ninguém da diretoria, dos conselhos, dos quadros políticos, das organizadas para dar um basta nisso e chamar a responsabilidade.
    Não ganharemos sempre, sofreremos derrotas doloridas mas não podemos perder por inércia, por apatia, falta de vontade.
    Não podemos perder a capacidade de lutar e de nos indignarmos.
    A próxima diretoria (provavelmente reeleita), as organizadas, o torcedor comum (cri-cri, da sofáfogo, etc), jogadores e técnico precisam firmar um compromisso de RESPEITAR O BOTAFOGO SEMPRE.
    Chega de técnico que se acha mais que o clube, de jogador que quer fazer trampolim, de administradores que pensam que isso é uma empresa qualquer.
    jOGAR PRA GANHAR, SEMPRE. VENDER CADA DERROTA, HEROICAMENTE . RESPEITAR E FAZER RESPEITAR O BOTAFOGO.
    O universo é cheio de estrelas, mas a solitária tem de brilhar mais. Sempre.

    Dirley Santos.

  7. Pra começar, excelente jogo de palavras com o “Tinga-Ney”, irado!

    O mais triste disso tudo é a ilusão de que a gente conseguiria alguma coisa esse ano. Isso é uma falta de respeito com o torcedor, que quer ver o time honrando a história do clube e não fazendo piada de mau gosto. Tudo bem que trocar o certo pelo duvidoso é um perigo, mas é melhor trocar a diretoria por que não dá mais do jeito que tá!

    • Oi Danilo,
      essa história do Tinga-Ney já rolava na internet há algum tempo, mas felizmente para nós não era associado ao Botafogo. Desde domingo, porém, não tinha como não lembrar da dupla. E é isso: a ilusão é o que mais deixa a sensação de frustração, de que as coisas podiam ter sido diferentes…

  8. Marcelo,
    Só você para um pouco de alegria. Sensacional o “tinga-ney”!
    Mais um ano de promessas não realizadas!
    Se tiver tempo dê uma olhada no Canal Botafogo e leia a mensagem do Bernardo!

    Abs e Sds, Botafoguenses!!!

  9. Tem um amigo meu, aqui em João Pessoa, tão botafoguense – mas tão botafoguense que hoje, de manhãzinha, no calçadão da praia, vestido com a (sempre linda) camisa alvinegra com a estrela solitária no peito esquerdo, desafiava a todos – flamenguistas, tricolores e vascaínos – querendo apostar como o Botafogo ainda iria se classificar para a Libertadores. Segundo ele, muito fácil. Então vejamos: 1 – empate entre fla e Inter no próximo domingo; 2 – derrotas do fla e inter na última rodada; 3 – derrota do São Paulo para o Palmeiras; 4 – derrota do Figueirense para o Corintians e… “le grand finale” – duas vitórias seguidas do Fogão ante Atlético Mineiro e Fluminense.
    Matematicamente, raciocínio perfeito. Futebolisticamente, praticamente o sonho impossível.
    Mas, como há coisas que só acontecem com o Botafogo, quem sabe?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s