Botafogo 2 x 1 Grêmio: Instantes iluminados

Somália, que não é bobo nem nada, aproveita a comemoração do primeiro gol alvinegro para devolver o tapão no Marcelo Mattos e este, revoltado com a manobra ladina do volante, mostra a língua para o colega

Sete pontos dos nove disputados em casa. E, no único jogo não vencido, um clássico, o time merecia ganhar.

Agora podemos dizer que começa a aparecer o trabalho do Caio Júnior à frente do Botafogo. E, particularmente no jogo desse domingo, ele fez a diferença. A dupla substituição que fez no 2o tempo –  com as entradas de Cidinho e Caio nos lugares de Maicosuel e Everton – mudou o andamento da partida e foi decisiva para a vitória.  Seria o caso de dizer que os jogadores começam a sentir o dedo do treinador, mas o Botafogo não é clube dessas coisas.

Basta dizer que Cidinho, na primeira jogada, após driblar dois, foi derrubado e provocou a expulsão do Fernando, um dos cabeças-de-bagre gremistas. Aí ficou mais difícil para o Grêmio continuar com a retranca até então bem-sucedida, que conseguia o que queria: anular as jogadas de Elkeson e Maicosuel.  Limitadíssimo, o clube gaúcho veio com a clara missão de empatar e tentar alguma coisa no contra-ataque. E, não fossem duas defesaças do Renan, teria conseguido abrir o marcador. Em um dos lances, por causa de uma daquelas falhas grotescas do Alessandro, que jogam por terra todo o esforço dele em se redimir com a torcida.  No primeiro tempo, Botafogo foi melhor em campo – mas, com a dificuldade do Maicosuel em se acertar (ele parece muito pressionado a comandar o time, o que será tema de post à parte ao longo da semana) e com Elkeson bem marcado, não houve grandes chances – as melhores ficaram a cargo de Herrera (sua melhor partida no Brasileirão) e com as chegadas de Zen e Mattos.

No segundo tempo, o gol veio com um lance de sorte: Elkeson chutou de forma descalibrada, e a bola, que seguia para a lateral, encontrou a cabeça do Marcelo Mattos – um gol de sorte, mas um gol merecidíssimo, ainda mais quando sabemos que esta pode ter sido a última partida do volante com a camisa alvinegra.

Com 1×0 no placar, o Botafogo só administrava e encontrava mais espaços. Cidinho quase fez um golaço… até que veio o apagão.

“Teve torcida gritando quando a luz voltou…”

Quando as luzes voltaram, a grande surpresa: o Botafogo, sem ninguém perceber, substituiu o Caio cai-cai pelo Caio impetuoso do Estadual 2010.

Resultado: o novo-velho Caio fez uma belíssima jogada individual, e só rolou para o Elkeson colocar com categoria e fazer 2×0.

Vitória sacramentada, certo?

Com a gente, quase nunca é assim.

O Grêmio, literalmente, achou um gol quando a bola bateu no calcanhar de Rafael Marques. E aí tivemos uns minutos de sufoco desnecessário, especialmente pela insistência de alguns defensores em fazer faltas perigosamente próximas à área. Mas Renan foi  malandro, soube segurar a bola e fazer passar o tempo. Fim de jogo e uma vitória merecida, importante para garantir estabilidade e mostrar que o time está acertando um novo padrão de jogo, mais ofensivo, sem chutões e sem necessidade de apelar para a retranca.

Mas, só para registrar, não tenho dúvida que o noticiário sobre o jogo vai se concentrar no apagão no Engenhão (o terceiro somente esse ano) e, com isso, ofuscar os instantes iluminados de Cidinho, Renan, Caio,  Marcelo Mattos e Caio Júnior.

Por fim, outro acerto do Caio Júnior: não improvisar e escalar Márcio Azevedo no lugar do Cortez. O lateral fez partida razoável, além da minha expectativa – que era a pior possível.

E, agora sim, encerrando: e o Marquinhos, hein? O responsável por toda a confusão no jogo da Ressacada pela Copa do Brasil saiu com menos de 20minutos de partida, vítima de uma misteriosa contusão que os médicos não souberam identificar mas aqui tem nome e sobrenome: Praga Alvinegra, a mesma que vitimou o River Plate em pleno Monumental. Ela tarda mas nunca falha…

Anúncios

5 Respostas para “Botafogo 2 x 1 Grêmio: Instantes iluminados

  1. Eu acho que o problema do Maicosuel é jogar plantado na ponta direita. Ele precisa de liberdade de movimentação. Jogar no meio, carregando a bola para o ataque, com possibilidade de chutar a gol. Exatamente na posição que o Cidinho entrou. Além, de retornar de uma contusão grave. É preciso tempo e paciência.

  2. Grande vitória! Boa partida! Três pontos na conta!
    Ainda estamos montando o time, contratando jogadores, mas vencer nesse meio tempo é bom demais!
    Vamos, FOGO!

    http://generalseveriano.wordpress.com/2011/06/26/tua-estrela-solitaria-te-conduz/

  3. eu discordo de voce , alessandro nao falhou no lance do fernando , se voce ver o reprise quem falhou foi o marcio azevedo no bote ao jogador do gremio , que na continuaçao da jogada e com o erro do marcio a zaga ficou totalmente aberta sendo praticamente impossivel do alessandro cabeçao alcançar a bola . Temos que chamar atençao de como a nossa zaga fica aberta em contra ataques

  4. Não gostei do M Azevedo, apesar do esforço é um baita cabeça-de-bagre. Sempre mal colocado, péssimo na marcação e não tem altura para disputar no alto com ninguém. No segundo lance de contra ataque(W.Magrão) é ele que, mal posicionado, dá condições ao jogador gremista. Sinceramente, é melhor tentar negociá-lo e trazer outro lateral para disputar com o Cortês.
    Ricardo Palhares

  5. Marcelão,

    O Mago solicitou substituição e em determinado momento o Elkeson foi na lateral cobrar a mesma. Mesmo assim a torcida vaiou e chamou o Caio Jr., de burro. O foco veio da Oeste inferior, aquele setor em que a maioria é de torcedores Vip,s e sócios proprietários.
    Gozado é que esses torcedores aturaram por muito mais tempo as burrices do idiota que se autodenominava a lenda.

    O time mostra evolução e acho que falta treinamento de triangulações, alguém que se apresente e finalize.

    Abs e Sds, Botafoguenses!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s