Boavista 0 x 0 Botafogo: Relevante, só a entrevista

Não pude ver o primeiro tempo da partida e, do que vi na segunda etapa, pouco a comentar.

Como se esperava, um time sem qualquer vestígio de entrosamento, padecendo dos dez desfalques, mas ao menos procurando atacar o adversário, mesmo com crônicas dificuldades. Sem deixar o Boavista gostar do jogo, fazendo o time pequeno jogar na tentativa do contra-ataque e não o contrário.

E, pela falta de entrosamento e pela ânsia de agradar ao novo treinador, cada um tentou resolver por conta própria, quando havia opções mais perigosas caso companheiros fossem acionados – Caio e Somália desperdiçaram lances perigosos dessa forma.

Então, na base do julgamento individual, o pouco que posso dizer é que o Fabrício teve atuação decepcionante, William um pouco menos. Caio, apesar de ter criado as poucas chances, ainda precisa ser um definidor como no ano passado – quando aproveitava todas as chances pra fazer gols no Estadual. Renan, com os reflexos em dia com duas grandes defesas, e Márcio Azevedo errando 9 entre 10 passes, mesmo sem nenhum marcador a menos de 10 metros.

Então, no ranking de laterais-esquerdos sofríveis dos últimos 3 anos, está assim:

Marcelo Cordeiro >>>> Márcio Azevedo>> Triguinho.  Mas, do jeito que está indo, o cabeludo pode ultrapassar o careca até o final do Carioca.

O destemor do Cidinho deu gosto de ver, bem como alguns lances isolados do Guilherme. Mas “os meninos de General” ainda precisam comer muito feijão preto com arroz branco para se firmarem no grupo alvinegro.

E, no fim, gostei mesmo foi da entrevista do Caio Júnior dando a importância devida ao jogo contra o Paraná, na próxima quarta, pela Copa do Brasil. Ele já entendeu que essa competição é que deve ser priorizada nesse momento – e começar nela sem Loco, Arevalo, Lucas e Bruno Tiago já será uma grande dificuldade.

E fiquei preocupado com alguns erros do Marcelo Mattos tanto de posicionamento quanto de passe. Ele, pelo visto, ainda está longe de recuperar a boa fase de 2010.

Ah, e o Fahel dando uma entrada criminosa e depois reclamando do cartão amarelo é uma cena que eu tinha certeza que não veria nunca mais no meu time. Mas, como jogador ruim nunca se machuca e uma hora entra, tive que aguentar calado mais uma vez esse crime contra a história alvinegra.

Foto: Lancenet!

Anúncios

10 Respostas para “Boavista 0 x 0 Botafogo: Relevante, só a entrevista

  1. Vi o jogo todo.
    Gostei do Caio, mas não está pronto para a responsabilidade de comandar o ataque na ausência do Loco ou do Herrera. De repente se o Alex tivesse jogado, quem sabe? Mas não tive coragem de cornetá-lo hoje (aliás, nem cornetei o time). Não se omitiu, mas é só.
    Gostaria de ter visto o Cidinho entrar mais cedo.
    Renan parece estar aprendendo com Jefferson, estava seguro e fez duas boas defesas. Nas duas vezes que entrou (hoje e Palmeiras), foi bem.
    No mais, o Barão de Itararé tinha uma frase que era “de onde menos se espera, daí mesmo que não sai coisa alguma”, perfeita para Fahel, Márcio Azevedo e Somália.

    • Não me xinguem, por favor! Gosto de analisar cada jogo em separado e não o chemado “conjunto da obra” como preferem os demais torcedores…

      E nesse caso, no jogo de ontem, o Fahel foi bem no papel de proteger a zaga e até arriscou uns bons passes na saída de bola. Não digo que ele deva ser titutar, nada disso, mas é certo que ele atuará de um jeito ou de outro estando no grupo. O BR-11 com suas 38 rodadas acaba com qualquer time titular…

      • Christian,
        como falei, não vi o primeiro tempo, então não posso julgá-lo de forma mais precisa. Só acho que o Fahel, pela extrema limitaçao técnica, nos faz correr riscos desnecessários. Tudo porque, quando perde o lance, ele apela para a violência e dá entradas acintosas, passíveis de expulsão – e não foram poucas as vezes que ele nos prejudicou por conta dessa dificuldade. Vi um lance nesse sábado que ele voltou a apelar e, pior, fingir que nada de grave cometeu.

  2. Bem, o primeiro tempo foi muito, muito melhor do que o 2º. É uma pena que você não tenha visto. O Fabrício jogou bem enquanto teve pernas e nada justifica sua ausência de alguns jogos da “Era Joel”. O Willian tentou de tudo para fazer um golzinho, ajudou na marcação da saída de bola e não foi fominha. O Caio procurou o jogo, mas é muito fominha. Minha Nossa! E o pior é que ele chuta mal, mas mesmo assim quer chutar todas em gol!

    Amém! Para a volta do Antonio Carlos que salvou um gol certo do Boavista! O Marcelo Mattos foi bem no 1º tempo e depois tentou se achar naquela confusão que virou o meio de campo alvinegro…

  3. Amigos Botafoguenses!

    Pra mim um Somália vale mais que 3 Gilbertos( ainda mais com 35 anos)!
    Claro que ele vacilou um tempo atrás mas pelo menos hoje se dedicou muito.
    Acho que o título estadual subiu a cabeça e ele começou a achar que era craque. Tomara que esse deslumbramento tenha passado.

    Não acho bom negócio fazer essa troca com o cruzeiro.

  4. PARA SER UMA POLÍTICA DO CLUBE E NÃO DO TREINADOR.
    O BFR precisa usar e abusar da tecnologia de imagens. As imagens falam por si só e imagens estratégicas são fundamentais p/ avanço do grupo. Após cada jogo do BFR, o gerente de futebol deverá analisar imagens de disposição tática, rendimento coletivo e individualizado, junto ao treinador. O gerente de futebol deverá fazer cobranças propositivas ao técnico, sobre atos e fatos documentados.
    O técnico do BFR deverá usar e abusar da tecnologia de imagens, junto a seus jogadores.
    O Caio está c/ boa atitude de buscar o jogo, mas está perdendo o tempo do último passe e está precisando abdicar seu tempo de twitter p/ se dedicar mais a treinamentos de finalizações e dribles ensaiados. As imagens de jogos e boas orientações farão aumentar seu rendimento.
    Saudações Alvinegras.
    Cléto Martins

  5. ABSURDO! DEPENDE DO TREINADOR ??
    Estou entusiasmado com o novo contratado Caio Jr, que tem em ser perfil, bastante trabalhador e aberto as atualizações. Torço p/ que o Caio Jr, de maneira Gloriosa, entre p/ à história do BFR. Mas uma coisa tem que ser dita. Até dias atrás, o Caio Jr., em sua vida no futebol, não teve o menor vinculo com o BFR. Acabaras de chegar ao Clube, assim como acabaras de retornar ao Brasil, originário de regiões de pouco futebol.
    No momento, no quesito contratação de jogadores, o Caio Jr é um PALPITEIRO DE LUXO. Quem deve saber se é bom p/ o BFR, a saída do Somália pela chegada do Gilberto é o Mandatário de futebol no BFR.
    Notas:
    1) O Gilberto já adiou sua aposentadoria, deslocando da ala esquerda p/ o meio. O próximo passo será o ponto final.
    2) O Somália tem perfil de maratonista, e o BR11 também será uma grande maratona. Num eventual sucesso do BFR no BR11, o Somália estará valorizado no mercado internacional.
    Saudações Gloriosas!
    Cléto Martins

  6. Alguém sabe que horas será o jogo do Uruguai amanhã ?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s