Botafogo 1 x 1 flamengo: Hora da reconstrução

Foi um jogo bem mais fraco do que o clássico contra o fluminense. O adversário foi melhor no primeiro tempo, e o Botafogo pouquíssimo criou por conta das atuações apagadas de Somália, Cajá e Herrera. Pior: mesmo sendo a única opção no apoio, Márcio Azevedo deixava buracos lá atrás e o Léo Moura por ali se criou com facilidade. Mas a verdade é que o placar merecido era um 0 x 0, pois o Mancha cumpriu com surpreendente eficiência a função ingrata de marcar o Gaúcho. E Jefferson, de novo, fazendo milagres – esse é um capítulo à parte que merece um comentário nos próximos dias.

No segundo tempo, a entrada de Everton no lugar do Azevedo transformou o Botafogo. Em duas jogadas, saiu o primeiro gol alvinegro – um golaço, diga-se de passagem, do Loco Abreu.

E foi o Loco que comandou a reação do time, deixando o Botafogo muito superior durante quase toda a segunda etapa. Problema: Herrera continuou sem acertar um lance e Caio não fez nada no pouco tempo que entrou.

Só que os problemas voltaram quando o Luxemburgo tirou o Deivid pra colocar o Negueba – e o reserva rubro-negro, meus caros, ganhou TODAS do Arévalo. Se tivéssemos o Marcelo Mattos em campo, e mesmo o Bruno Tiago, acho que a história do jogo seria outra.

Aí fomos para os pênaltis e a incompetência e o nervosismo de Everton, Somália e Cajá, mais a sorte do Léo Moura, terminaram de escrever a história da semifinal da Taça Guanabara.

O que me leva a outra conclusão: a Taça Guanabara acabou, bola pra frente. Ao contrário da partida contra o fluminense, passamos sufoco e não mandamos na partida. Agora é hora de reconstruir o time. Nesse novo time, Everton tem vaga no time titular. Arévalo, infelizmente, ainda não. Somália, só no banco. E o Cajá volta a ser, no máximo, candidato à reserva do Maicosuel no Brasileirão. Joel precisa pensar num time mais ofensivo, com Everton lá na frente. E é de se pensar se o Herrera não merece passar um tempinho no banco, dando chance para o Caio ou Alex. Pra isso deveria servir a Taça Rio.

Por hora, titulares absolutos apenas Jefferson, Antônio Carlos, Marcelo Mattos e Loco Abreu. O resto pode, e deve ser testado.

Será que o Joel vai conseguir reinventar o Botafogo, já que nem na parte motivacional nem na base da sorte ele conseguiu nessa semifinal o resultado do ano passado?

Foto: Lancenet!

PS: Repararam que o Fahel nem no banco ficou?

Anúncios

10 Respostas para “Botafogo 1 x 1 flamengo: Hora da reconstrução

  1. O Joel não deveria ter respeitado tanto o Flamengo. O time entrou muito assustado na etapa inicial e o gol em escanteio, logo aos 14, aumentou esse temor. Apenas no 2º tempo vimos um lampejo do Botafogo que derrotou o Campeão Brasileiro! E só entramos no 4-4-2 porque o Fla tinha um atacante… Tenho medo da volta do 3-5-2 já nesta quarta, na Copa do Brasil, seria um desastre!

    O Márcio Azevedo deixava espaços? Ora, não estávamos com 3 cabeças de área? Cadê a cobertura? Ainda acredito no título da Taça Rio e em vida longa na Copa do Brasil, mas o time precisa ser mais guerreiro, mais vibrante em campo!

    http://generalseveriano.wordpress.com/2011/02/20/faltou-competencia/

  2. O Botafogo para a Taça Rio seria esse:

    1. Jefferson
    2. Alessandro + 3. A.C + 04. Márcio Rosário + 06. Márcio Azevedo
    05. Arévalo Ríos + 08. Marcelo Mattos + 11. Everton + 10. Renato Cajá
    17. Herrera + 13. Loco Abreu

    Entrando no decorrer do jogo: Bruno Tiago, Caio, Alex e Marcos Vinícius (Araruama)!

    • Christian,
      só discordo em relação ao Herrera. Acho que a Taça Rio, especialmente nos inúmeros jogos contra times pequenos, é ótima oportunidade de deixar o argentino no banco por um tempinho – ele não tá jogando nada e por pouco, de novo, não foi expulso na partida de hoje.
      Faria o ataque com Caio e Loco, contando com as chegadas do Everton para municiar o uruguaio.

  3. Ah, meu amigo temos uma boa notícia: o Fahel será negociado com o Bahia!

    O Caio não consegue se firmar e o Alex parece com mais vontade de jogar do que o Caio… sei não! Fico preocupado com essas “revelações” do Botafogo! Só jogam quando se transferem para outros clubes…

  4. caramba, estou muito surpreso com o garoto Éverton, depois do Jefferson foi o melhor do Botafogo, modificou o panorama do jogo, fiquei triste quando ele perdeu aquele penalty, ele não merecia… Cajá hj vivei seus dias de Lúcio Flávio… avante Fogão, com o Mattos de volta e o Éverton entrosado e jogando, dá para reverter esse quadro!!!

  5. O árbitro até que foi bem, porém podia ter dado pênalti na bola que bateu no braço do zagueiro rubronegro. Outro fato a serviço da Rede, foi ter escolhido a meta da cobrança dos pênalties, onde se encontrava a torcida do fla.

    Como a gente toma gol de Ronaldo Angelim, parece brincadeira. Estou triste, porém, quando a bola de Leo Moura bateu nas costas de Jefferson e entrou, vi que não era o dia.

    San

  6. Amigos,
    Mais uma vez o Marcelo “mata a pau” na analise do jogo.
    Nao estou tao pessimista assim para a Taca GB. Acho que os dois grandes estao embolados conosco. Entre estrelas e conjunto, nosso conjunto esta mais ajustado. Apesar de estarmos fora, os comentarios seriam outros se ganhassemos nos penalties e penalty nao serve como parametro para avaliar um time. Os tres teem virtudes e defeitos que os deixam bem parelhos.
    Pode dar tudo!
    Ja que esta todo o mundo escalando, vou dar o meu palpite:
    Jeferson, Alessandro, A.Carlos, FF e Azevedo. M. Matos, Arevalo, Everton (0 do jogo contra o urubu)ou Caja (o do flor) e Mago. Caio e Abreu.
    E isso! E vamos ganhar a Copa do Brasil.
    E.Sales

  7. Ah, amigo E. Sales essa escalação conta com Fábio Ferreira e Maicosuel, não é justo! Eles só retornam ao time em Maio e até lá teremos a Taça Rio e grande parte da Copa do Brasil…

    O Joel tem que resolver com o elenco que está aí!

    Mas para o BR-11 estou com você! Só não descarte o Herrera tão rápido!

  8. Marcelo,
    A lenda, a história, a bestialidade do covarde retranqueiro não consegue e não tem competência para reinventar nada.
    Ontem, ficou confirmado, meu pensamento, que ele não treina e não tem comando sobre os jogadores. Ficou claro na demora e na escolha dos perdedores de penalidades. Ficou claro a conversa dele com jogadores para saber quem perderia.
    Abs e Sds, Botafoguenses!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s