Botafogo 2 x 1 D.de Caxias: Loco 1 x 0 Joel

Gostei da virada, mas no ano passado a gente já estava jogando igual: marcação, marcação. Todo time que pega a gente trata melhor a bola, cuida melhor da bola, tem melhor posse de bola. A gente não consegue criar uma solução. Precisamos encontrar outra forma de jogar”

Loco Abreu, ainda no gramado, logo após a vitória de 2 x1  no Duque de Caxias

O uruguaio rasgou a fantasia e não se acovardou. Falou a verdade – e certamente haverá algum tipo de punição, mesmo silenciosa, para ele.

No esquema do Joel, foi o Duque de Caxias que alugou o meio de campo e ditou o andamento da partida ao longo de todo o primeiro tempo. Loco recuava e tinha que buscar a bola na intermediária, Caio isolado na ponta esquerda e Cajá sumido, sem encontrar posicionamento. Não fossem as subidas do lateral Lucas, o time não teria produzido rigorosamente nada ao longo dos 45 minutos de sua estreia.

Merecidamente, saiu para o intervalo perdendo de 1×0. Merecidamente, saiu vaiado – mas as vaias deveriam ser destinadas ao treinador, que continua no mesmo esquema três zagueiros, dois volantes, mesmo alternando os nomes.

No segundo tempo, o time se encontrou, ainda que de forma atabalhoada – Somália quase virou um ponta (errando mais do que acertando) e Cajá, enfim, apareceu para a partida.

Mas é claro que foi uma estreia decepcionante. E só não deve ser tão levada a ferro e fogo porque ainda faltam ao menos 3 jogadores importante s- Everton, Arévalo e Márcio Azevedo.

O fato do dia, porém, foi a declaração do Loco, o que vai iniciar uma nova etapa da guerra fria do centroavante com o treinador – guerra que vem desde o ano passado (lembram do jogo em Barueri?). Joel não sabe conviver com opiniões divergentes, ainda mais de jogadores – ele prefere treinar um bando de cordeirinhos, dispostos a serem abraçados e afagados pelo “Papai Joel”. Afinal, ele é “a lenda”, ninguém mais pode brilhar como ele, ainda mais no Cariocão, onde a mídia toda afaga o “Rei do Rio”.

O Loco falou o que boa parte da torcida pensa, mas isso não é comum no Brasil. E certamente enfrentará represália pelo seu ato, mais importante para o Botafogo até do que o pênalti que converteu ao empatar a partida.

No mais, gostei do segundo tempo do Caio, do Jefferson, da segurança do Lucas nos cruzamentos e achei o Somália afobado e o Marcelo Mattos um pouco fora do tempo de bola, normal no início da temporada.

Acréscimo : Pessoal, por motivo de viagem não vai dar pra ver a partida desse domingo. Assim que possível, volto com os comentários pós-jogo, ok?

Anúncios

14 Respostas para “Botafogo 2 x 1 D.de Caxias: Loco 1 x 0 Joel

  1. MARCELO, nessa guerra eu tomo partido sem pensar duas vezes: LOCO, LOCO, LOCO!!!
    Perfeita a sua análise.
    Abs e SA!!!

  2. Apesar da vitória, jogamos mal o primeiro tempo, quando criamos apenas duas ou três jogadas perigosas. No segundo tempo o time mudou de postura e arriscou muito mais, apesar dos vários chutes e cruzamentos errados. É preciso partir para o ataque desde o começo, não quando estamos perdendo o jogo. A retranca do Joel não faz efeito. Sigo o que o Loco falou: se tivéssemos jogado contra um time maior, provavelmente não teríamos ganhado a partida; e que está na hora de fazer algumas mudanças no modo de jogar, precisamos ser mais ofensivos.

  3. Marcelo,
    Temo por essa declaração do Loco e nas duas paradas técnicas ele ficou afastado do retranqueiro.
    Claro que ele falou o que nós pensamos e já discutimos sobre o covarde retranqueiro, mas gostaria de levantar uma questão: Com a experiência e inteligência que já demonstrou possuir estou vendo essa declaração com outro propósito. Vamos aguardar os desdobramentos.
    Acho que se fosse pelo bem do time ele não o faria em público e discutiria com o técnico e jogadores internamente. Como disse, vamos aguardar os desdobramentos e espero estar completamente enganado. Que tenha sido apenas no calor da final de uma partida em que mais uma vez tenha que ficar buscando o jogo e vendo a bola sendo maltratada de um lado para o outro.
    Abs e Sds, Botafoguenses!!!

  4. Ou o Loco quer sair do clube, ou ele quer “tirar” o Joel à la Neymar e Dorival Jr.
    Acho a primeira opção mais difícil. A torcida, apesar de pegar muito no pé, tem uma moral com o Abreu.
    O Joel tem que se ligar e saber que se a torcida entrar nessa briga “o primeiro pescoço a ser cortado, realmente, vai ser o dele.”

  5. Marcelo, já dizia Odorico Paraguassu que debaixo desse angu tem muito caroço. E’ preciso ter cuidado no apoiamento ao Loco porque, certamente, as palavras dele não foram proferidas no calor da partida nem na emoção da disputa.
    Como dizem os entendidos : aí tem coisa!

    • Pereirão,
      era o que eu estava pensando… o Loco é tudo, menos cabeça quente. Ele pensou direitinho antes de mandar o recado e sabia que estava jogando com o apoio da torcida (qual torcedor quer ver seu time jogando retrancado?). É um jogo de xadrez, e ele avançou uma peça para tentar dar um xeque no Natalino. Agora é esperar os próximos movimentos dessa guerra fria.

  6. Parabéns pela análise.

    Ou a diretoria coloca logo panos quentes (nos bastidores) ou vai ser um início de ano brabo, apesar do elenco superior que temos esse ano em relação a 2010.

    Só acho que Joel é malandro e não é maluco de barrar o ÍDOLO Loco. Aí ganha a antipatia da torcida de vez (porque tem quem goste dele, mas unanimidade o narigudo nunca foi).

    Agora eu entendi porque o Loco comemora os gols com tanta má vontade…

  7. O Botafogo sofreu com o calor, com a marcação do Duque de Caxias e com a falta de entrosamento, ok. Mas é preciso admitir que o time foi presa fácil!
    Não dá para jogar com apenas um homem de criação no meio-campo! Não dá! O Lucio Flavio sofreu com isso e agora o Cajá passa pela mesma situação! Todos conhecem o esquema 3-5-2 do Joel! Todos sabem como o Botafogo irá se portar em campo. É lógico que o Abreu tem razão! Só não precisava ter dito isso para as câmeras…

    O treinador adversário coloca um marcador no camisa 10, seja LF ou Renato Cajá, e fecha as jogadas pelas laterais…pronto! Acabou com o time do 3-5-2! O gol do DC começou com uma bola perdida pelo ótimo Marcelo Mattos que estava no ataque tentando armar o time!

    O Botafogo tem elenco para voltar a atuar no 4-4-2 e com uma boa gama de jogadas pelo meio e pelas laterais. Espero que Joel não fique irritado com o Loco…

    Fiz uma pequena resenha da partida:

    http://generalseveriano.wordpress.com/2011/01/20/nao-precisa-ser-assim/

  8. Será que o Loco não tá começando a cavar seu primeiro emprego como treinador???

    Treinador e jogador ao mesmo tempo… que nem o Romário no ano retrasado.

    Seria uma boa…

  9. Maurício

    Treinador-jogador não sei , mas que tem perfil para ser no futuro… Sem dúvida ! hehe

    __

    O texto está ótimo, sobretudo essa parte:

    ” Joel não sabe conviver com opiniões divergentes, ainda mais de jogadores – ele prefere treinar um bando de cordeirinhos, dispostos a serem abraçados e afagados pelo “Papai Joel”. Afinal, ele é “a lenda”, ninguém mais pode brilhar como ele, ainda mais no Cariocão, onde a mídia toda afaga o “Rei do Rio”.

    S.A !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s