Valeu, Cuca!

Então o Cuca, mostrando mais uma vez o seu amor pelo Botafogo, conseguiu o que queria: levar o Leandro Guerreiro para a Toca da Raposa.

Uma curiosidade: com a saída de Guerreiro, só sobrou o Alessandro do time titular de 2007 (leva ele também, Cuca!).

Acho que a transferência do LG para o Cruzeiro será benéfica para o Botafogo. A temporada passada do Guerreiro foi um desastre e, pior, ficou claro que o jogador estava completamente abalado pelas vaias que recebeu no Brasileirão. Não tinha mais estrutura psicológica para enfrentar a torcida. E ainda cometia erros cruciais em partidas importantes.

Agora a gente ainda tem que se livrar dos fantasmas de 2008 – o mais assombrador deles, claro, Fahel.

E começar a se reforçar decentemente.

Porque, quando a gente comemora mais as dispensas do que as contratações, tem algo errado, não?

 

Anúncios

6 Respostas para “Valeu, Cuca!

  1. Pelo que a diretoria incompetente disse, a saída do LG estava condicionada à vinda do uruguaio. Vamos aguardar, mas como não dá pra confiar muito nesses incompetentes, as coisas são sempre muito complicadas no Botafogo…

  2. alguem sabe a musica que a favelada cantou provocando o Botafogo e o Loco? e o que o grupo revelação cantou tambem provocando?

  3. Peço licença, humildemente, para discordar. Bem diferente de outros que passaram recentemente pelo Botafogo, Leandro Guerreiro – apesar dos erros que só os mortais cometem – foi um dos poucos que me pareceram vestir (com extrema decência e dedicação) a camisa do Glorioso.
    Para mim, que assisti a poucos jogos do Botafogo e que tento – e nem sempre consigo – torcer com um pouco de razão, LG era um exemplo de voluntariedade, amor à camisa e lealdade ao clube que o empregou.
    Se tecnicamente não era dos melhores, confesso, tinha muito mais “cara” de Botafogo do que tantos outros – Lúcio Flávio e Jobson por exemplo. Nunca se escondeu em campo mesmo que fosse para errar.
    Com o perdão da petulância, algumas vezes ele lembrou Afonsinho, mais pelo porte altivo e intenso suor – guardadas as grandes diferenças na qualidade técnica, é claro!
    Lamento a sua saída, sinceramente, até porque LG era, para mim, um dos (poucos) representantes que pintavam como autênticos donos da camisa, em cujo peito a estrela solitária parecia caber por inteiro.
    Cuca, afinal de contas, conhece ele muito mais do qualquer um de nós.
    E, nesta questão, por favor, me dêem o benefício da dúvida…

  4. A torcida anima ou desanima jogador? Sim, acredito nisso. Mas o problema não é esse. Nós estamos cansados. No jogo contra o Internacional no Engenhão – onde se tivéssemos ganhado dos reservas deles estaríamos hoje nos preparando para ir ao Uruguai jogar a Libertadores – todo mundo saiu de lá de SACO CHEIO de ver mais uma chance de ouro escapar por causa das falhas DE QUEM SEMPRE FALHA NESSES MOMENTOS!
    LG percebeu isso e viu que seria pior continuar.

    Se ama o Botafogo, ótimo. Continue amando como nós, lá na arquibancada. Sabe aquela história “quem ama quer que o outro seja feliz”? É isso! Deixe o Botafogo – e nós, botafoguenses – sermos felizes, Leandro Guerreiro. Maior prova de amor que esta não existe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s