Botafogo 1 x 0 Vitória: Quando o nada é tudo

O Botafogo jogou novamente muito mal, especialmente do ponto de vista ofensivo.

O Botafogo continua jogando errado, com Jobson e Loco cada vez mais desentrosados e uma nulidade chamada Lucio Flavio no “comando” das ações.

Por sorte, o Botafogo teve nesse sábado atuações acima da média de dois jogadores – MMattos e Somália – e eles seguraram as pontas nos momentos mais difíceis.

E, por sorte, não por trabalho do treinador, MCordeiro estava inspiradíssimo na cobrança de falta.

  Então, apesar de apresentar os mesmos problemas, alguns até mais graves, o Botafogo conseguiu o que importava: os três pontos e o final da sequência constrangedora de empates.

Era o que precisávamos, mas não com o futebol que queríamos. Nada de evolução técnica e tática, tudo de bom o resultado conquistado. São os paradoxos do futebol.

E, mesmo com muita gente não jogando nada – LFlavio e Edno comandando o pelotão – o time conseguiu segurar a vitória contra… o Vitória. Dentro de casa.

É pouco, não?

Em breve, por aqui, a crônica do jogo do ponto de vista de uma torcida apaixonada, que merecia um time de maior qualidade. Aguardem!

PS: O Pereirão, que só viu o jogo na reprise nesse domingo no SporTV, lembra também a ótima atuação do Leandro Guerreiro que não perdeu uma lá atrás, soube dar proteção à dupla de zaga – M.Rozario, nervoso e D.Morais, limitado – e ainda tentou fazer a parte de criação.  E, mesmo no replay, o Pereirão temeu um gol do Vitória a qualquer momento…

Anúncios

4 Respostas para “Botafogo 1 x 0 Vitória: Quando o nada é tudo

  1. Amigos,
    Há algum tempo ausente deste espaço, retorno para parabenizar o Marcelo pela capacidade de sintese e pela visão. O que mudou é que nada mudou, e se nos classificarmos para a Libertadores será á custa de muito sofrimento e
    alguma sorte, se ela nos ajudar. Dá prá ver o suor de alguns de nossos jogadores. Por exemplo: Dani, Marcio, Cordeiro, Guerrero, Cajá, Somália e até Alessandro.
    Dá pra reconhecer a competencia de alguns outros como: Jeff, M.Matos.
    Dá prá entender que se a bola não chega ao finalizador, ele nada poderá fazer a não ser jogar de zagueiro nos escanteios contra e correr atrás da troca de passes dos zagueiros adversários e trombar com os mesmos nos tiros de meta e nas bolas espirradas.
    Mas a verdade é que fica muito difícil chegar ao objetivo (G3ou4) com:
    L.Flávio, Fahel, Edno e o irreconhecível Jobson que deixou seu futebol em alguma balada carioca.
    Tomara que o esforço compense a incompetencia e,… com sinceridade o Joel é teimoso, pouco ou nada estrategista, repetitivo, mas convenhamos que o nosso elenco é limitadíssimo. Dá pra melhorar, mas não dá pra fazer milagre.
    E.Sales

  2. Técnico de futebol amador usa e abusa de tecnologia de imagem e vídeo p/ aprimoramento de sua equipe. Pergunto eu, o Joel Santana usa tal tecnologia.
    Um detalhamento de vídeo, entre jogadores, comissão técnica e dirigentes substituiriam semanas e mais semanas de conversas.
    Um vídeo, 23/10/2010, mostraria ao Jóbson, o quanto ele foi individualista, na jogada que ele tinha o Loco Abreu, numa posição privilegiada, em que levaria o placar p/ 2X0 e garantiria com mais tranqüilidade os preciosos 03 pontos.
    Um vídeo, 23/10/2010, mostraria ao Time do BFR, o quanto ele estava horroroso na saída de bola, com alguns jogadores se escondendo p/ o jogo.
    Um vídeo, 23/10/2010, mostraria ao Time do BFR, o quanto ele carece de um jogador que articule e crie no meio campo. Usando do raciocínio do João Saldanha, O Lucio Flávio serve p/ meu genro, mas não jogaria mais em meu time.
    Um vídeo, 23/10/2010, mostraria ao presidente Maurício Assunção que o Fhael como volante, causa constrangimento ao botafoguense apaixonado por futebol. Também, usando do raciocínio do João Saldanha, O Fhael serve p/ meu genro, mas não jogaria mais em meu time.
    Um vídeo, 23/10/2010, mostraria o Edno, literalmente, apanhando da bola, não em uma jogada isolada, mas sim, uma característica dele. . O Edno, literalmente não é jogador de Futebol, mas sim atleta no futebol , extremamente aplicado.
    Notas:
    1) O Cajá tem vaga neste time;
    2) O Jóbson, mesmo em jornada não tão inspirada, puxa 03 adversários em sua marcação. Até como marcador, o Jóbson supera o Fahel em campo.
    Saudações Gloriosas!
    Cléto Martins

  3. Os resultados ajudaram e muito a gente!!! :))))

  4. Não entendo como parte da torcida insiste em vaiar um jogador que usa a Gloriosa camisa alvinegra!!!

    http://generalseveriano.wordpress.com/2010/10/29/vaias-para-a-torcida/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s