Botafogo 0 x 0 Palmeiras: Volta, Marcelo Mattos

Não era o dia do Loco Abreu. Perdeu pênalti e ainda desperdiçou duas chances claríssimas de fazer o gol que o Botafogo fez por merecer.

Não muito merecimento, na verdade. O placar mais justo teria sido um 1 x 0 magro, com gol do Somália ou do Renan – os melhores em campo pelo nosso lado.

Porque o time do Palmeiras, vá lá, teve uma atuação ridícula. Kleber perdeu todas que tentou e acabou justamente expulso ao cotovelar o Alessandro – e o Valdivia, o “Mago” (quá, quá, quá), ao ser anulado pelo Fahel, mostrou que o apelido pertence ao Maicosuel.

Deixando os adversários de lado e se concentrando no nosso time, tivemos um primeiro tempo razoável, pra um time com crônica dificuldade pra criação, compensada parcialmente com esforço. Na segunda etapa, pouca coisa mudou, a não ser o volume de chances desperdiçadas na primeira metade – pelo menos três claríssimas oportunidades. Depois Jobson estirou a língua (ressaca?) e cansou, Loco sumiu e as mexidas (Edno, Caio) se mostraram previsíveis e improdutivas.

Aí, no único vacilo real da zaga,  o Renan fez uma defesa sensacional, talvez uma das grandes defesas do campeonato, evitando que o Palmeiras abrisse o placar.

No mais, dentro de suas limitações, Marcio Rozário fez uma boa partida, Danny Moraes no mesmo nível, Cordeiro foi bem no apoio e Alessandro marcou bem. Mas tudo é pouco, muito pouco, ainda mais quando não há destaques ofensivos.

Então, que volte logo o Marcelo Mattos já contra o fluminense, pois foi com ele em campo que conseguimos a última vitória, em cima do São Paulo – há sete rodadas lá atrás. E, na verdade, foi a última vez que jogamos com categoria de vencedor, criando chances, aproveitando e sufocando o adversário.

E que o Loco Abreu, numa tarde-noite horrorosa, lembre que a torcida do Botafogo prefere vê-lo na capa do caderno de Esportes de segunda-feira do que na capa da Revista de Domingo.

No mais, está lançada a campanha: Bernardinho pra presidente do Botafogo!!!

E não me perguntem do Lucio Flavio: um camisa 10 que só consegue criar uma enfiada de bola (desperdiçada por Cordeiro-Loco) em mais de 1hora dentro de campo não merece muito mais comentário além do que já estamos cansados de saber.

Anúncios

6 Respostas para “Botafogo 0 x 0 Palmeiras: Volta, Marcelo Mattos

  1. ” pra um time com crônica dificuldade pra criação” , – Sacou o LF (ex-profissional, ainda em atividade) e Somália, e deixou o Fahel na criação. Aí não era time, mais sim, um bando, com muita vontade. O JS não entrou com o Cajá p/ surpreender o adversário ??? O JS conseguiu melhorar o Palmeiras no final.
    Jobson , mesmo de ressaca, aterrorizava os zagueiros adversários, talvez pelo seu histórico.

    O Palmeiras ganhou 01 ponto, e é p/ Palmeirense comemorar, porque o time foi ridículo. Talvez inibido pela não permissão de transformar o vestiário em chiqueiro.

    Cléto Martins

  2. Eu mesmo já tô cansado de falar sempre a mesma coisa todos os anos. Todo ano é a mesma história. São falsas promessas dos dirigentes que ficam nos iludindo com isso.
    Todo ano é um elenco fraco com contratações ruins. Jogadores que não tem condições de nem jogar na minha pelada.
    Pô! Não quero mais pensar pequeno e sim pensar grande como conquistar um brasileirão, Libertadores e etc.
    Acho que nós torcedores principalmente do Rio de Janeiro tem que apertar, exigir mais desses caras. A gente fica aceitando tudo que acontece e sempre falando a mesma coisa.
    É claro que não vamos abandonar nunca o nosso time, mas não é esse Botafogo que queremos. O Botafogo que queremos é conquistar títulos importantes.
    Portanto, nós torcedores temos que fazer alguma coisa urgente para modificar isso. Chega de ficar vivendo de ilusões!

  3. O que ocorrerá primeiro?
    O Caio fazer o primeiro gol nesse campeonato ou o enceradeira, se esconde, do lento flavio conquistar a primeira vitória como titular!

    Abs e Sds, Botafoguenses!!!

  4. Acho injustiça colocar na conta da diretoria o baixo rendimento da equipe nas últimas rodadas. As contratações foram muito bem feitas e ao meu ver acertadas; apesar da lentidão angustiante na negociação, trouxeram de volta o Maicosuel – sonho da torcida alvinegra; trouxeram o Jóbson, excelente atacante e destaque do ano passado; buscaram o Marcelo Mattos e Edno junto ao Corinthians. As próprias contratações do Herrera e Loco Abreu pro início da temporada merecem destaque. E digo com convicção: se não tivéssemos perdido tantos jogadores importantes por contusão, poderíamos sim continuar brigando até o final pela vaga na Libertadores. Perdemos o Jóbson e o Marcelo Mattos, dois dos principais jogadores por muito tempo, e, logo depois, o Mago e o Herrera; Somália ficou muito tempo fora. Eu sei que pra disputar um campeonato concorrido como o Brasileirão é preciso ter elenco, mas o Botafogo de 2010 tem elenco – inclusive o Botafogo mais forte de elenco dos últimos anos -; só que qualquer time vai sentir se perder peças chaves do time principal, e por tanto tempo, como ocorreu com o Botafogo. É só olhar nosso vizinho Fluminense: contratou todo mundo, montou um elenco fortíssimo pra lutar pelo título, começou a perder jogadores sucessivamente por contusão – caiu muito de rendimento.
    Considero que esse ano pra gente já acabou, mas se mantivermos os nossos melhores jogadores, mandarmos embora as maças podres e contratarmos com sabedoria, mesmo dentro das possibilidades do clube, poderemos montar um time forte por ano que vem. Temos uma boa base.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s