Tudo é relativo

Quando sentir vontade de xingar o Jefferson por conta da problemática reposição de bola (ainda o seu ponto vulnerável), lembre da imagem do Fernando Henrique dando chilique depois de tomar um gol numa cobrança de falta do Fabão, que não balançava as redes há exatos 145.856 minutos e, com isso, contribuir para seu time deixar escapar três pontos essenciais na disputa pelo título.

Te garanto que a vontade vai passar rapidinho.

Anúncios

3 Respostas para “Tudo é relativo

  1. Hehehehehe,

    muito bom!

    E a barriguinha do FH? Sinistro.

  2. Estou cada vez mais convencido de que o Botafogo poderia lutar pelo título se não desse tantos moles e cedesse revoltantemente o empate aos adversários – Corinthians, Grêmio etc. – ou, pior ainda, entregasse os três pontos de bandeja quando tinha tudo para faturá-los – caso do jogo contra o Atlético Paranaense, por exemplo. E esta minha convicção nasce da descrença na capacidade do Fluminense ou Corinthians de faturar o título. Pra mim a briga vai ficar entre Cruzeiro, Internacional e Santos. Equipes que no momento atual do campeonato, depois de todo o primeiro turno disputado, estão empatadas conosco em número de pontos – apesar dos nossos constantes vacilos.

    Agora é torcer por um quase milagre contra o Santos, sem Jóbson e Somália, dois dos nossos principais jogadores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s