Botafogo 1 x 1 flunimed: Mal na tabela, bem em campo

Se o Lucio Flavio tem que sair para o Botafogo conseguir empatar o jogo, então ele não pode entrar pra gente voltar a ganhar.

É simples. E só o Joel não vê – porque o Cajá está muito melhor que o LF, e fez a diferença nos 20 minutos finais, quando o Botafogo jogou com garra e merecia ter virado a partida. Vimos um Botafogo atacando em bloco, destemido, seguidas vezes encurralando o adversário –  simplesmente o líder do campeonato, mas que teve se portar como timinho amedrontado. E isso dá gosto de ver, dá esperanças de um lugar melhor na tabela a partir da próxima rodada. Até o Leandro Guerreiro voltou a acertar um chute na direção do gol!

Não pude ver o primeiro tempo inteiro, mas vi os melhores momentos – e praticamente só deu Botafogo. Na segunda etapa, um jogo com jeito de final de campeonato – pelos lances ríspidos, pelo nervosismo e, claro, pelos erros de arbitragem – pela primeira vez, uma agressão com a bola parada foi penalizada com cartão amarelo, e não expulsão, no lance com o Marcelo Cordeiro.

Caio fez um excelente segundo tempo. Herrera fez uma partida razoável, ainda abaixo do que pode render. E Edno fez uma boa apresentação. Então, com Maicosuel e Jobson em campo, podemos ter esperanças de ter um ataque realmente incisivo já a partir da próxima rodada, mesmo sem o Loco, que ainda não voltou do Uruguay e que o Joel já não conta para o próximo jogo.

Jefferson fez ao menos duas defesaças, uma delas no último minuto da partida. Mas falhou feio na saída de bola que gerou o gol do Emerson, o sheik que ama o flamengo mas ama ainda mais sua conta bancária recheada de unidólares grenás. Aliás, a saída de bola do nosso goleiro continua sendo o seu ponto falho, o fundamento a ser trabalhado em treinamentos.

E Alessandro deu um lençol no adversário que ninguém deve ter areditado – nem ele, que deve estar revendo o lance no YouTube até agora.

 No geral, digo que gostei do que vi – e do que não ouvi: o nome do Conca não foi pronunciado em quase nenhum dos lances perigosos dos grenás, então nosso sistema defensivo teve algum mérito. Fred também teve uma atuação bem abaixo da critica e os lances perigosos do flunimed vieram de falhas individuais nossas, não de jogadas criadas por eles.

Se faltou técnica ao Botafogo, sobrou garra. E isso estava faltando em muitas partidas.

Dias melhores virão. Sem Lucio Flavio, vai ficar tudo mais fácil.

Mas o Somália fará uma falta danada no próximo domingo…

Anúncios

6 Respostas para “Botafogo 1 x 1 flunimed: Mal na tabela, bem em campo

  1. Não sei como, mas consegui reunir forças para escrever sobre o jogo.

    Não suporto mais o 3-5-2!!!

    O Botafogo não empatou porque o Lucio Flavio saiu de campo, o Botafogo empatou porque voltou a jogar no 4-4-2!!!

    Botafogo contra o Fluminense: “3-5-2” e 1 a 0 para a Unimed!

    Jefferson; Antônio Carlos, Fahel e Danny Morais; Alessandro, Leandro Guerreiro, Somália, Lucio Flavio e Marcelo Cordeiro; Herrera e Edno

    Botafogo no 4-4-2: empate de 1 a 1 e quase virada no fim da partida.

    Jefferson; Alessandro, Antônio Carlos, Danny Morais e Marcelo Cordeiro; Leandro Guerreiro, Somália, Lucio Flavio (Renato Cajá) e Caio; Herrera e Edno (Edson)

    Com a expulsão do Danny Moraes o Joel teve que sacar o Edno e botar o Edson.

  2. Botafogo contra o Palmeiras: “3-5-2″ e 2 a 0 para o Scolari!

    Jefferson; Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Fahel; Alessandro, Leandro Guerreiro, Somália, Lucio Flavio e Marcelo Cordeiro; Caio e Jóbson

    Botafogo no 4-4-2: empate em 2 a 2 e virada no fim impedida por defesa salvadora de Marcos!

    Jefferson; Alessandro, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Marcelo Cordeiro; Leandro Guerreiro, Somália, Renato Cajá e Edno; Caio (Túlio Souza) e Jóbson

  3. O Botafogo foi superior na maior parte do jogo, teve mais chances de gol, e também as chances mais perigosas.

    Arbitragem péssima.

  4. O limite de permanencia do LF em campo é de 45 minutos. Não tem porque ele voltar p/ o 2º tempo só p/ ser vaiado na saída humilhante.
    O Caio se da bem entrando na 2ª etapa, então vamos mante-lo no banco na 1ª etapa fazendo a leitura do jogo e entrando na 2ª.
    O Somália não é nem um craque, mas, jogada pela direita, lá tá o Somália participando. , jogada pelo meio, lá tá o Somália participando, jogada pela esquerda, lá tá o Somália participando, jogada de combate, lá tá o Somália participando. Que tal retirar uma dose de material genético do Somália e aplicar no LF ???????????????
    Saudações Gloriosas!
    Cléto Martins

  5. ALESSANDRO deu um lençol no primeiro, ALESSANDRO driblou o segundo adversário que veio na cobertura e o alessandro deixou bisonhamente a bola escorrer pela linha de fundo.
    Abraços,
    Luis Celso

  6. Foi um jogão, mesmo com o placar de 1 x 1 contra o fluminense. Inacreditável como o Somália jogou, haja raça, vontade e coragem, ele vai em todas. Quando está com a bola, dispara para o ataque, quando está sem a bola, ele está no encalço do adversário, mordendo, foi impressionante. E como jogou o Alessandro, parecia que era outro, aplicando lençol, correndo com a bola na lateral, como um lateral mesmo, errando poucos passes e acertando alguns cruzamentos. Tive dúvidas se era realmente ele mesmo. Mas, valeu pela raça dos jogadores. É o terceiro jogo seguido que começamos o jogo perdendo, empatamos e não conseguimos virar, mas merecíamos. Só espero que as vitórias não demorem muito. Que o Mago e o Jobson nos ajude contra o vitória da bahia, porque só levamos goleadas lá….

    Vamos pra cima deles Fogão!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s