Botafogo 2 x 0 Olaria: Esportes terrestres e aquáticos

(foto globoesporte.com)

“No primeiro tempo foi futebol, no segundo foi water polo”, definiu o bom locutor da CBN, Evaldo José, sobre o que ocorreu nesse domingo no Engenhão.

Tá vendo que valeu a pena o presidente Maurício Assumpção investir pesado nos esportes aquáticos? Um dia esse know how seria útil…

Brincadeiras à parte, o juiz que autorizou o reinício da partida – e  ainda teve a cara-de-pau de expulsar o Loco no campo submerso, tirando o centroavante do jogo contra o flamengo – deveria ser banido do futebol profissional. Ou melhor: deveria ir trabalhar como inspetor de pára-raios para aprender a ter noção da gravidade da irresponsabilidade que cometeu.

Nada a comentar, portanto, sobre a segunda etapa, a não ser o fato de o Joel ter demorado demais para substituir o Caio.

Do primeiro tempo, se não fosse o talismã, novamente o melhor em campo, o jogo teria sido mais complicado.  O Olaria tem um time bem arrumadinho pelo Dé e só não abriu o marcador por conta da péssima pontaria de seus atacantes. Caio, o descomplicador, fez belíssima jogada individual e cruzou na cabeça do A. Carlos. Assim,  o Botafogo abriu o marcador quando tinha visíveis dificuldades para criar chances concretas de gol.

E aí surge oportunidade de comentar a pouca efetividade do meio de campo. Lucio Flavio, novamente apagadíssimo, não conseguia criar nada para o Loco, totalmente isolado. E, do lado esquerdo, Gabriel não aproveitou a chance e fez uma partida muito discreta, especialmente no apoio. No segundo tempo, fez um gol providencial, mas a verdade é que eu esperava mais rendimento do garoto. Sandro Silva se mostrou mais efetivo do que o Eduardo, mas sem grandes diferenças. E Danny Morais e Antonio Carlos estiveram mais firmes do que no jogo contra o São Raimundo. Registro também para a melhora da produção do Leandro Guerreiro, até porque seria impossível piorar depois das seguidas atuações desastrosas.

No mais, agora fico curioso para saber como o Joel armará o time para o jogo contra o flamengo, sem o Loco. Vai simplesmente colocar o Caio para fazer a dupla com Herrera? É o mais provável.

E, volto a dizer, deve-se tomar cuidado com esse jogo de quarta-feira contra o Santa Cruz, no Arruda. Ainda mais depois do intenso desgaste ao qual o time foi submetido, desnecessariamente, nesse domingo, com sério risco de lesões musculares, estiramentos etc.

Anúncios

6 Respostas para “Botafogo 2 x 0 Olaria: Esportes terrestres e aquáticos

  1. O juíz fez o favor de expulsar o Loco Abreu, esse cara é muito ruim! O time titular tem que ser Edno, Caio e Herrera. O ataque do Olaria não é parametro para zaga nenhuma

  2. E o Dodô, heim ?

    Seria praga de botafoguense ?!

  3. O juiz só deu continuidade à partida porque não teve oportunidade de expulsar o Abreu antes da chuva.

    Tomara que domingo chova o mesmo que choveu ontem.

    Saudações botafoguenses!

  4. Realmente, contra o Santa seria bom que o Joel lançasse vários que não vêm jogando. Até porque o time não está jogando nada. Pior não pode ficar.

    Saudações botafoguenses!

  5. Concordo com os amigos que sugerem a escalação de alguns reservas no jogo contra o Santa. Gostaría de ver em campo o moleque que nos treinos antes da chegada do Herrera e do Abreu, era tido como titular. Acho que o nome dele é Jorge Luis (não sei). Caio está voando em campo mas a cada dia será mais caçado e o Herrera e o Abreu não encantam. Se o menino é bom, porque não fazer como o Dorival que coloca a molecada do Santos prá jogar?
    Se O Botafogo é o lider dos Juniores no Carioca, deve ter alguém que se destaca, não?
    de qualquer forma, precisamos de algo melhor do que o que apresentamos contra o São Raimundo-PA, Olaría etc.

  6. Bruno,
    tudo bem que o Loco cada vez mais nos espanta com a falta de habilidade para finalizar, mas ele ainda é titular no time, ao menos enquanto o Edno mostra – ou não – ao que veio, certo? Acho que o Caio briga pela vaga com o Herrera, para não perdemos uma referência forte dentro da área.

    Sobre o Dodô, Gustavo, pior do que os dois pênaltis perdidos foi a frieza desinteressada dele na entrevista pós-jogo. De matar a torcida do vasco de raiva!

    Luiz e E. Sales: Assino embaixo. Tá na hora de dar mais chances para os que estão no banco… contanto que eles não se chamem Eduardo . Esse é um jogo para o qual cairia bem, por exemplo, a garra do Túlio Souza, estranhamente sem um décimo do prestígio do Eduardo. Mas, como o uruguayo não joga domingo, quarta a receita já está traçada: bola na cabeça do Loco e vamos ver o que é que dá!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s