Tardes alvinegras no Planalto Central: A casa do Botafogo-DF

Estava devendo esses registros há algum tempo, mas antes tarde do que nunca: eis algumas imagens despretensiosas registradas em duas tardes diferentes no estádio do Cave, no Guará, a casa do Botafogo-DF.

O foco, como vocês percebem, está na torcida – até porque o time não tem ajudado muito: no último sábado, empatou em casa com o Dom Pedro por 0 x 0 e o Túlio perdeu uns dois gols feitos. O mais bacana nas partidas é o clima de confraternização entre torcedores do Botafogo de todas as idades e todas as classes sociais. Lá, todo mundo paga (baratinho, R$ 1 antecipado ou mesmo de graça – ingressos são distribuídos na loja Fogão Shop, na Asa Sul) e xinga com a mesma autoridade. Aliás, os  xingamentos sempre encontram espelho no alvinegro original: quando Sérgio Manoel errou cobrança de falta, teve um que não perdoou: “Tá parecendo o Lúcio Flávio!”.

As arquibancadas são descobertas, mas às vezes o guarda-chuva pode ser útil para desafogar impropérios. Lá, torcidas organizadas como a Botachopp aparecem para vender camisetas (R$ 30) e sempre penduram também suas faixas.

Nos intervalos, além do hino do Fogão, sempre cantado por todos, também aparecem as Foguetes, nossas cheerleaders bem animadas e esforçadas, mas que são mais desentrosadas do que a zaga alvinegra…

Ah, um fato curioso: muitos vascaínos costumam aparecer nos jogos do Botafogo-DF, sem clima de beligerância. Do flu só vi umas duas camisas e as do fla, quando aparecem e não são usadas por idosos ou crianças, rapidinho são removidas na base do “convencimento”. Há também muitos torcedores que aparecem com camisas de times mineiros e paulistas – às vezes, pintam uns mais surpreendentes, com camisas do Paissandu, Fortaleza, Juventude… por aí vai. Claro que o maior atrativo é o Túlio Maravilha, que já ganhou inclusive bandeirão, mas, pelo fato de ser vizinho à Feira do Guará e de setor residencial, o estádio do Cave é de facílimo acesso e por isso, eu aposto, atrai também torcedores de outros clubes.

No mais, não vai aparecer na foto, mas outro fato curioso que vale a pena ser mencionado: o barulho dos karts que correm bem do lado do estádio, no kartódromo. Às vezes, até dá para ouvir mais o zunzum dos karts do que os gritos dos jogadores…

Fotos: FogoEterno

Anúncios

2 Respostas para “Tardes alvinegras no Planalto Central: A casa do Botafogo-DF

  1. mas me lembro o q acoteceu com o último flamenguista que apareceu por lá!!!!! a policia teve q proteger o gartoto… ta certo que ele tava meio abusadinho e querendo tirar onde pra cima da gente…. mas tranquilidade total nos jogos…….

  2. ah… o site esportecandango está transmitindo ao vivos os jogos pela internet…..

    quando não puder ir, é só ver por lá

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s