O craque e a cocaína

Jobson foi pego no antidoping. Cocaína. Agora está explicado o porquê de o Botafogo não ter feito força nenhuma para ficar com o atacante. O time não corre risco de punição, dizem os especialistas. O jogador jura inocência, mas sua fama pregressa em Brasília conta contra ele. Vamos aguardar o desenrolar dos fatos, lembrando que o cara, aditivado ou não, jogou muita bola e nos ajudou quando necessário, não merece ser agora execrado publicamente  – é uma grande promessa do futebol, tem que ser respeitado e apoiado caso comprovado o uso de droga.

Mas, pensando bem sobre o fato, não dá para deixar de notar que Jobson pode até ter culpa no cartório, mas o time inteiro era uma droga.

E, pelo comportamento lerdo dentro de campo, há muitos jogadores que não correm o menor risco de serem flagrados no antidoping por ter usado algum tipo de substância estimulante, certo?

Anúncios

6 Respostas para “O craque e a cocaína

  1. acabou com a carreira dele,um cara q estava se destacando “nem tanto”mas estava jogando uma bola redonda,faz uma besteira dessas.

  2. Na melhor das hipóteses, o Cruzeiro não assina com o jogador devido à suspeita de doping, o Jóbson fica no Botafogo e ainda é inocentado das acusações.
    Agora, convenhamos, é muita burrice um jogador profissional usar cocaína e achar que não vai ser pego no exame, ou querer confiar na sorte para não ser sorteado.
    Eu torço para que não passe de um mal entendido, porque o garoto é bom de bola, foi uma das revelações do Campeonato Brasileiro e tem tudo para brilhar no Botafogo, Cruzeiro ou onde quer que seja. Mas é difícil acreditar que colocaram a substância escondida em alguma coisa que ele consumiu para prejudicá-lo, não é? Seremos eternamente gratos, Jóbson, e queremos a sua permanência; mas se o exame realmente deu positivo para cocaína, não há muito o que argumentar; vai ser punido e, pelo que li, pode pegar até dois anos. E justo quando começava a brilhar no futebol. Que vacilo, hein, garoto.

  3. Depende. Dizem que maconha deixa a pessoa lerda. Será que é o caso do Fahel e de outros?

  4. Bem que o Estevam Soares previu, ao final do jogo contra o S.Paulo em que o Jobson fez dois golaços:
    “Esse negrinho de 24 anos ainda vai dar o que falar…”
    E’ pena que, agora, não frequente apenas as páginas esportivas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s