Alessandro em tempo real

Barueri 3 x 0 Botafogo

PRIMEIRO TEMPO

4 minutos: Alessandro erra passe.

6 minutos: Alessandro recebe passe de Lúcio Flávio na cobrança de falta. Alessandro erra o cruzamento.

8 minutos: Alessandro tenta tabelar com Reinaldo e erra passe. Arma contra-ataque para o adversário.

18 minutos: Alessandro é atingido. A esperança de uma contusão logo se dissipa – ele se recupera prontamente.

30 minutos: Alessandro erra outro cruzamento.

36 minutos: Alessandro recebe presente do adversário e, de imediato, devolve a bola no pé do barueriense.

40 minutos: Alessandro escorrega e deixa Márcio, igualmente Careca, partir em contra-ataque.

42 minutos: Alessandro reclama.

SEGUNDO TEMPO

Menos de cinco minutos: Alessandro repete o primeiro tempo e deixa uma avenida no seu setor.

Até os 25 minutos: Alessandro passa a atuar como ponta-de-lança. Não se vê, portanto, com obrigação de marcar, mas de ser um homem de criação. Mas Alessandro não cria.

23 minutos: Alessandro erra e arma mais um contra-ataque para o adversário.

25 minutos: Alessandro é substituído.

************************************

Reinaldo fez uma partida igualmente péssima, Lúcio Flávio também foi muito mal. Jobson só ciscou no primeiro tempo, Fahel e Léo Silva não cumpriram o mínimo que se esperava, que era impedir os avanços do Barueri, nem que fosse na porrada. Mas o Alessandro se superou: olha que já vi muitas atuações ruins de nosso camisa 2, mas a desse domingo foi provavelmente a pior partida de um lateral do Botafogo no século 21. E o Estevam demorou mais de 60 minutos para sacá-lo da partida…

No mais, sabe o que é pior dessa derrota? Foi a forma pelo qual ela foi construída – pelo adversário e pelo próprio time. Um grupo que, na reta final, comete o pecado imperdoável de se apresentar de forma apática, sem brio, merece ser rebaixado. É isso o que afastará o torcedor do Engenhão no próximo domingo, não apenas os três pontos perdidos.

botabarueri

PS: Minha solidariedade aos torcedores alvinegros que foram a Barueri, como os que aparecem nessa foto – eles, como todos nós, não mereciam presenciar um vexame desses numa hora tão crucial do campeonato.

Foto Lancenet!

Anúncios

8 Respostas para “Alessandro em tempo real

  1. O pior disso tudo é que temos 2 escolhas a fazer:
    1- ganhamos do SP, nos livramos do rebaixamento e damos o títulos aos MULAMBOS…ou
    2-perdemos p o SP, deixamos os mulambos com o vice e seremos rebaixados….

    Não sei o que é pior…IRONIA DE UM DESTINO SOFREDOR COMO SOMOS NÓS BOTAFOGUENSES!!!!

    Joguei a toalha!!!!

  2. Precisamos jogar SEMPRE para ganhar, não interessa se o resultado vai beneficiar A ou B. No esporte, a meta a atingir é sempre a vitória. E, agora, neste final de campeonato, o que importa é ganhar de um, de dois ou de três, mas ganhar para fugir da degola.
    Mas, pensando bem, um time que se deixa vencer com três gols de um jogador que – todo mundo sabia – ia fazer o que não o deixaram fazer contra o S.Paulo (foi dispensado!), está, realmente, á beira do caos.
    Por mim, estou a me preparar para aturar os bragantinos, portuguesas, figueirenses, juventudes e outros “fixos” na segundona. O pior é que, em 2010, não vamos ter a “baba” do vasco. Teremos, pela frente, além dos antes já citados, o Sport e o Náutico, lutando tenazmente para voltar à série A.
    Enfim, ainda resta uma esperança e como diz o meu amigo mais otimista (quase jogando a toalha, também) – “Mas só depende de nós”: e aí é que reside o grande problema – “nós não tá resolvendo nada”…

  3. E o que é pior: o Alessandro já está certo para 2010.

  4. Pereira e Pereirão,

    Esse não é o nosso BOTAFOGO!
    O nosso BOTAFOGO dava olé!

    Se cairmos, com essa diretoria, o bando em campo será pior que o atual e passaremos mais vergonha.

    Abs e Sds, BOTAFOGUENSES!!!

  5. Pereirão: Escreva uma crônica… Sobre o porquê de nossa insistência. Quero entender. Domingo estarei presente.

  6. apatia
    (grego apátheia, insensibilidade, apatia)
    s. f.
    1. Falta de energia.
    2. Indiferença.
    3. Indolência.
    4. Apagão

  7. Putz, não sei se ele é pior ‘na realidade’ ou em ‘tempo real’…

    Marcelo, se me permite, na próxima oportunidade, por favor, usa uma caneta ninja ou coisa parecida: disseca mesmo!

    Saudações alvinegras!

  8. Foi uma vergonha, sim, a maneira como o time se deixou derrotar pelo Barueri.

    Foi uma derrota vergonhosa, do mesmo naipe daquela frente ao Vitória em casa, só pra ficar num exemplo de dar ânsia de vômito.

    Foi uma derrota com a chancela de Estevam Soares.

    Foi uma derrota para coroar o trabalho dessa diretoria de araque, capaz de colocar no Botafogo um treinador com mentalidade de Série B.

    Simbólica, por ter sido diante de seu ex-time, a derrota veio como um tabefe na fuça de Maurício Assumpção, igualmente despreparado para ser presidente do clube.

    Pelo conjunto da obra, diretoria e comissão técnica, além da maioria do elenco, merecem, sim, o rebaixamento.

    O Botafogo jamais. Torceremos até o fim, sempre. Vamos acreditar na salvação. Ela virá, e virá sem dar de presente mais uma taça nas mãos da mulambada.

    Sim, nós também podemos.

    saudações alvinegras,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s