Viagem ao Paraguay: modo de usar

Botafogo e fluminense foram ao Paraguay.

O alvinegro voltou derrotado (bem prejudicado pela arbitragem, não podemos esquecer) e o flu voltou vitorioso (um pouco prejudicado pela arbitragem, não podemos negar).

E daí, qual é a diferença?

A diferença é que o flu tem um homem-gol de verdade, que sabe aproveitar as poucas chances surgidas ao longo dos 90 minutos.

E o Botafogo tem um bando de centroavantes, mas nenhum realmente capaz de definir uma partida. E, se somar os salários de André Lima, Victor Simões, Reinaldo, Laio e Jobson, deve equivaler ao salário do Fred.

Ah, e o flu também não tem escalado nenhum desmiolado, capaz de fazer lambanças homéricas quando o jogo está ao nosso favor, como fez Léo Silva no Paraguay, Alessandro no jogo do Engenhão.

Quanto às diferenças entre a qualificação dos dois técnicos, acho que não dá para comparar porque o material humano que o Estevam herdou do Ney Franco é infinitamente inferior ao que Cuca comandou em 2007 no Botafogo. E inferior ao que Cuca tem à disposição nesse momento nas Laranjeiras.

Mas o nosso ex-treinador fez algo que o atual técnico alvinegro não teve coragem de fazer: barrou os medalhões que levavam o time ao lamaçal – Luiz Alberto, Ruy, Fabinho, etc – e investiu na garotada.

Decisão ousada. Tão ousada que o próprio Stival não teve coragem de fazer em 2008, quando o Botafogo degringolou de vez.

A verdade é que ele arrumou o time do flu, outrora um bando na época do Renato Gaúcho e do Parreira.

Já pensaram, então, na possibilidade cada vez mais concreta de o Cuca ser campeão duas vezes no mesmo ano, e por times rivais?

Se escaparmos do rebaixamento, torço para que seja só isso o que tenhamos que aturar…

Porque acredito que os únicos times que ainda ameaçam nossa permanência na Série A são justamente os dirigidos por Cuca e Ney Franco.

Que o destino não nos seja tão cruel.

 

Anúncios

3 Respostas para “Viagem ao Paraguay: modo de usar

  1. Marcelo,

    Essa é a prova incontestável que existe algo de podre nos reinos de General Severiano!
    O Cuca quando deu oportunidade para algum garoto foi no fogo. Igual ao Neyfraco e Estevam.
    Será que os garotos do eterno time da terceirona são tão superiores aos nossos?

    Essa comparação do salário do Fred não é, ou era, o discurso do fantoche do Omisso Omissão?
    Se compararmos aos Jeans e Lucas Silvas, então nem se fala.

    Abs e Sds, BOTAFOGUENSES!!!

  2. Honestamente, eu acho que o Fluminense vai acabar escapando da degola. O time cresceu muito de rendimento; não tem mais nada a perder no Brasileirão – se escapar é lucro, quase milagre, visto que há algumas rodadas já era tido como virtual rebaixado; e a tabela está a seu favor, com jogos não tão difíceis. Se queremos permanecer na Primeira Divisão, temos que ir atrás do Coritiba ou, mais difícil porém ainda possível, Atlético-PR. Ou quem sabe o Vitória, que não pontua há muitas rodadas e vem despencando na tabela. Neste ano duvido que com 45 pontos alguém se salve, como previam os matemáticos; e acreditavam os jogadores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s