Direito de resposta

lucioflav

Na foto acima, nosso camisa 10 veste o seu uniforme número 1

 

De Lúcio Flávio, sobre a faixa desfraldada no Engenhão na última quarta-feira, que chamou ele e Juninho de amarelões:

– Para mim, quem faz uma coisa dessas não é um torcedor do Botafogo. Acho que é alguém que não está satisfeito com alguma coisa e acaba descontando desta maneira. Mas eu prefiro não deixar isso me atrapalhar…

Os torcedores que tiveram a ideia da faixa, salvo engano o Gil e o Danilo (foi o que vi no Cantinho Botafoguense, do Rodrigo Federman, e no Snoopy em Preto e Branco, do Fábio, que batizou a dupla de “Yellow Flávio e Capitão Penico”), diante de uma declaração tão infeliz, têm todo o direito de responder:

– Para nós, quem desperdiça dois pênaltis decisivos contra o maior rival e ainda se omite das partidas com indesejável frequência não pode ser chamado de jogador do Botafogo.

 

Anúncios

5 Respostas para “Direito de resposta

  1. marcelo,
    o pior, amigo, é que nem desprezo pelo yellow e o capitão penico eu me vejo no direito de ter. afinal, eles “vestem” a camisa que amamos.
    os discursos deles não me surpreendem. é normal que esses bostas joguem a culpa na torcida.

    abraço!

  2. Marcelo,

    Eu vi ontem a noite , na ESPN, a declaração desse amarelão!

    Gostaria que ele soubesse que tive o prazer e a honra de ver Jairzinho, PCCaju, Rogério, Gérson, Osmar, Brito, Mendonça, Nilson Dias, Zequinha, Roberto, Rildo, Valtencir, Carlos Alberto, Afonsinho, Marinho, Túlio e tantos outros que honraram as tradições e cores do BOTAFOGO.
    Meu primeiro jogo ao vivo foi contra o América, 3 gols do PCCaju.
    Minha primeira decisão, com 14 anos de idade, foi em 1971 contra o eterno time da terceira divisão e fui sozinho, após discutir e teimar com a minha mãe. Foi o primeiro roubo que presenciei contra o nosso amado BOTAFOGO.
    AMO O NOSSO AMADO BOTAFOGO e continuo indo aos estádios prestigiar o manto que entra em campo e não por esses jogadores que atualmente as vestem e atual diretoria. Exceção do Jefferson e a garra do Guerreiro. Não vaio e nunca vaiei qualquer jogador, mesmo merecendo, quando vestem o nosso MANTO.
    Os dois jogadores (Lúcio Flávio e Juninho) identificam-se com os fracassos dos últimos anos do nosso amado BOTAFOGO. Os dois são os únicos jogadores e aí incluo os demais que vestem o nosso MANTO que não conseguem converter as penalidades no goleiro “mulambo”. Quando vejo outros clubes e jogadores converterem penso que poderiam ensinar aos dois como fazer.
    Gostaria que os dois soubessem que depois da minha família a coisa que MAIS AMO NA VIDA É O MEU, O NOSSO BOTAFOGO e muitas das vezes vou aos jogos contrariando a vontade de todos da minha família. Muitas das vezes não sei se amo mais o BOTAFOGO ou a FAMÍLIA!
    No site i-Botafogo tem o vídeo da entrevista desse AMARELÃO e fiz o mesmo comentário, também no do Rodrigo, sendo que, pedi ao Bernardo entregar uma cópia para os dois e me propus a discutir o que é SER BOTAFOGO. Claro que longe dos holofotes e mídia, pois o maior interesse é o BOTAFOGO.

    Valeu pelo direito de resposta e vou comprar a camisa do treino, pois é a cara desses dois e atual diretoria!

    Abs e Sds, BOTAFOGUENSES!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s