Botafogo 3 x 1 Atlético-MG: Marcar, atacar, fazer gol: Estevam chegou!

eujuro

Eu sempre defendi incondicionalmente o Reinaldo e o Lúcio Flávio, inclusive nunca pedi para eles serem substituídos e barrados em nenhuma partida…

Pronto, já limpei a minha barra (não adianta pesquisar, já apaguei comentários em posts anteriores que poderiam ter sido confundidos com críticas aos dois jogadores).

E vocês, não vão pedir desculpas à dupla que fez dois golaços no Engenhão e contribuiu decisivamente para depenar o Galo em 45 minutos??? E se penitenciem de joelhos, seus ingratos!!!

Depois de uma olhada no teipe, alguns comentários sobre o jogo… 

Em primeiro lugar, que primeiro tempo! Foi a melhor atuação do Botafogo desde aquele chocolate no vasco na semifinal da Taça Rio! 

Enfim, Estevam conseguiu mostrar ao que veio: ele mesmo explicou em entrevista pós-jogo que sofreu para achar uma escalação eficiente por conta da falta de condições físicas de vários jogadores entregues ao DMédico, dos problemas de relacionamento (leia-se Michael) e outros problemas.

Mas, nos primeiros 45 minutos do jogo no Engenhão, o Botafogo voltou a mostrar que tem um técnico no banco de reservas. O time atacou de forma objetiva e em bloco, marcou de forma compacta e com segurança.

Atacar e concluir. Marcar e roubar a bola; atacar novamente e marcar gol. Assim é a lição do Estevam. Assim surgiram dois dos três gols. E foi assim também que o Galo não conseguiu construir nada que pudesse realmente ameaçar Jefferson – pois todos, até Lúcio Flávio e André Lima, brigavam pela posse de bola desde a intermediária. E parece que há um senso de cobertura bem mais aguçado – notem que, assim como contra o Goiás, foram raras as vezes que um atacante adversário ficou no mano a mano com um defensor botafoguense – há sempre mais um, às vezes dois jogadores, na sobra. E o Diego tem se mostrado bem seguro do seu papel, mesmo improvisado na ala esquerda.

Claro que esse esquema será mais efetivo quando se tiver em campo dois volantes de qualidade, o que deve melhorar na próxima segunda-feira com a volta de Leandro Guerreiro. Porque, não custa lembrar, o Botafogo venceu com tranquilidade, mesmo tendo Fahel e Léo Silva ao mesmo tempo entre os titulares! É ou não uma proeza a ser celebrada??? 

Então, mais até do que no jogo contra o Goiás, quando Diego estava meio perdido e o time passou alguns sufocos no primeiro tempo, acredito que o Botafogo encontrou um padrão de jogo sólido, consistente, que pode ser ameaçado a partir de agora por dois fatores: a superioridade técnica de alguns adversários e, claro, a ruindade absoluta de alguns dos integrantes do elenco (e aí a culpa não é do treinador, porque ele não tem nada a ver com o grupo que herdou).

De nada adiantaria encontrar padrão de jogo, contudo, se o sistema ofensivo não tivesse ressuscitado. Pesam para isso a surpresa chamada Jobson, exatamente o tipo de jogador que estava faltando ao Botafogo desde a saída do Maicosuel, e a evolução técnica do Lúcio Flávio – fez uma partidaça nessa quinta-feira. E nessa quinta-feira, houve também o alento da ótima participação do Reinaldo, jogando mais recuado já que Jobson se movimenta como um pêndulo lá na frente, e a maior efetividade do André Lima – ganhando no tranco e fazendo os gols que centroavante não pode desperdiçar. Ou seja: Victor Simões vai passar um tempo no banquinho de reservas.

Infelizmente, o banco de reservas é inconstante e preocupante: o garoto Rodrigo Dantas, por exemplo, teve uma boa oportunidade em um jogo praticamente decidido e não correspondeu. O time ainda cai de produção quando ele entra.

De toda forma, com mais duas ou três vitórias no Brasileirão, dá para sonhar com um período de maior estabilidade. Até mesmo para a gente lembrar que só faltam quatro jogos para a final da Sul-Americana…

PS: Alguém pode doar um cérebro ao Léo Silva, o nosso Espantalho do Mágico de Oz??? O pênalti burro que ele cometeu foi igualzinho ao que fez contra o coríntia, lá no Pacaembu.

PS II: Ok, foram dois golaços. Mas o posicionamento e os golpes de vista do goleiro uruguayo Carini nos gols do Lúcio e do Reinaldo não lembraram o de seu compatriota Castillo???

Anúncios

8 Respostas para “Botafogo 3 x 1 Atlético-MG: Marcar, atacar, fazer gol: Estevam chegou!

  1. uma vitória soberana, de uma equipe que foi implacável…3 a 1 ficou barato pro nosso freguês…enfim estamos fora da zona maldita e podemos nos afastar mais ainda na partida de segunda diante do Avaí no Engenhão…

    abraço!!

  2. Hoje volto a deixar meu comentário aqui…mas dessa vez p te parabenizar por estar falando bem do Bota. TEMOS QUE APOIAR SEMPRE!!!!!
    Quanto ao time, o Lucio joga mal quando o time todo está mal…isso é normal. Ontem eu estava no Engenhão e ví a melhor partida do Lucio no ano. Quando o time melhora, os bons jogadores ficam em evidência. Agora, ninguém falou da partida que fez o Juninho. Perfeito em todas as bolas, e que tranquilidade p sair jogando…principalmente depois das bolas recuadas bisonhamentes pelo Alessanro.
    Abs a todos e SEMPRE SDS ALVINEGRAS

  3. O primeiro tempo do Botafogo foi excelente, impecável e merecia terminar ganhando por 4×0 ou 5×0. Até que fim voltamos a ganhar no Engenhão e jogando muito bem.

    Força Fogão!!!

  4. Três golaços e um primeiro tempo impecável. Que diferença daquele time bisonho que, há dez dias, perdeu feio para o Vitória…
    Agora, se engrenar, vamos em frente – até sonhar, de novo, com a sulamericana (velha conhecida nossa).

  5. Programa com o filho segunda à tarde é no Engenhao. LEvarei o meu ao cinema e após ao JOGÃO… Vamos que vamos…… Sonho com pelo menos 20 mil…….

  6. o Botafogo jogou muito bem mesmo, mas o que eu mais gostei foi do lucio flávio se levantando depois de ser derrubado antes do gol dele. Se fosse antes eu tenho certeza que ele ficaria no chão pedindo falta…

  7. Gente,

    PELOAMORDEDEUS!!!!!!!!!!

    estou saindo para pescar este FDS e estou implorando….

    ALGUÉM PODE ME MANDAR UMA MSG COM O RESULTADO DO JOGO BOTAFOGO-DF X BRAZSAT?????????

    kkkk

    sério…

    eu não perdi nenhum jogo, e agora q o time está praticamente classificado, alguém poderia me mandar somente uma msg informando o placar????

    AGRADEÇO DESDE JÀ!!!

    André
    61-91150264

  8. Bela análise, Marcelo.

    Chuto que o rendimento do Lúcio Flávio também se deu pelo fato de ter Reinaldo dividindo a função da armação de jogadas e muito porque Jobson aproveita bem o que lhe é servido.

    A bola gruda nos pés de Jobson, mesmo quando em condições desfavoráveis, ao contrário do que acontecia com VS, que ‘rebatia’ os passes. Além disso o garoto se desloca com muita inteligência e tem uma visão de jogo bem acima da média. É uma ótima surpresa.

    Saudações alvinegras!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s