Goiás 1 x 3 Botafogo: A salvação da letra J

bota3goias1

Acima, dois responsáveis pela vitória… e um intruso que adora aparecer na foto do gol. Precisa incluir os nomes?

Tempos atrás, escrevi por aqui que só os Jotas poderiam salvar o Botafogo. Me referia, à época, à visão de jogo do então integrado Jônatas, ao então recém-chegado Jefferson e às faltas cobradas pelo então goleador Juninho.

Acontece que um outro Jota ainda não estava na minha contabilidade – porque não tinha chegado ao clube.

Trata-se de Jobson, que, quando foi contratado, recebeu a descrença dos torcedores alvinegros de todo o país, ressabiados pelos dois Jeans que tinham passado por General Severiano – Jean Carioca e Jean Coral.

Mas a gente alertou aqui, no Fogo Eterno, que o Jobson, apesar de um grande entusiasta da naite, era bom de bola – sabia partir pra cima do adversário e tinha poder de definição.

E ele comprovou isso logo no início do segundo tempo, quando, após receber um belo cruzamento do André Lima, fez um gol que o Victor Simões e o Reinaldo não conseguem há umas dez rodadas. Detalhe: salvo engano, a finalização do Jobson foi o primeiro chute do Botafogo que chegou no gol de Arley. O “Rei”, como o site oficial do Botafogo chamou Reinaldo, não fez nada ao longo de 45 minutos – totalmente fora de forma, suas tentativas de correr atrás do adversário são constrangedoras. Aliás, na primeira etapa o grande destaque novamente foi a segurança e tranquilidade de Jefferson. Não fosse por ele, o placar tinha sido modificado no Serra Dourada.

Mas aí a estrela do Estevam brilhou, quando ele colocou o Jobson no lugar do Rei-nada.

Com um a mais, o Botafogo enfim jogou com inteligência, explorando o contra-ataque. Nesse momento, além de Jobson, cresceu na partida o André Lima, sempre com ótima visão de jogo. E o vazamento no lado esquerdo que havia na primeira etapa, com Diego improvisado e tomando drible a torto e a direito, foi enfim corrigido.

O Botafogo chegou ao 2 x 0 novamente graças ao Jobson, que fez cruzamento certeiro e deu no pé do Victor Simões – só assim para este fazer, e olha que o chute saiu fraco – o Arley é que aceitou, por baixo das pernas.

Faltava o André Lima guardar o seu – e fez em um golaço, com um drible desconcertante e uma conclusão precisa.

Goiania (GO), 04/10/2009, Goias x Botafogo

E o Goiás só escapou de uma goleada histórica por culpa de, respectivamente, Victor Simões (conseguiu perder o gol, na pequena área, sem goleiro!) e Lúcio Flávio (a nota destoante do time, ainda mais agora que nem pênalti acerta mais).

Mesmo com os erros individuais citados, o Botafogo não se descontrolou e fez enfim o certo: rodou a bola para gastar o tempo. E assim conquistou uma vitória surpreendemente tranquila, mas incontestável. Soberana.

Agora, se vamos tentar nos salvar com os Jotas, está na hora de reintegrar o Jonatas. Ele tem vaga nesse time.

Ah, e aquela faixa “somos goianos – o maior clube do mundo!!!” kkkkkkkk…

Ah, e o Zé Carlos errando chute e pedindo desculpas aos companheiros do Goiás? kkkkkk….

Não sei na casa de vocês, mas aqui em Brasília rolou um delicioso e suculento empadão goiano na hora da janta…

Vamos às notas do Botafogo (graças a Deus, o OgofatoB não foi para Goiânia…):

Jefferson – Segurança,ótima colocação e tranquilidade. A melhor contratação depois de Maicosuel. Nota 8

  Alessandro – Nem foi tão mal dessa vez. Nota 5

Juninho – Discreto. Mas não ganha uma pelo alto. Nota 5

Wellington – O melhor da zaga. Nota 6

Diego – Perdido no primeiro tempo, foi o ponto mais vulnerável da defesa. Ficou mais atento na segunda etapa. Nota 4

Léo Silva – Quase inútil, mas ainda assim melhor do que o seu substituto, Fahel (nota 4). Nota 5

Guerreiro – Apenas um vacilo nos 90 minutos – no mais, um monstro. Nota 7

Lúcio Flávio – A peça que destoa. Hesita na hora de concluir – e agora perder pênalti é demais, não? Nota 3

Reinaldo – Nulo, disperso, inofensivo – fora de jogo. Nota 2

Jobson – Estreia eletrizante: gol, passe para gol, velocidade e ofensividade. Nota 8

Victor Simões – Um gol feito, um gol perdido de forma bisonha. E os impedimentos, meu Deus, alguém explica para ele a regra do impedimento?Nota 5

André Lima – Ótima atuação: fez gol, sofreu pênalti, deu passe preciso para o primeiro gol… dá para continuar assim? Nota 7,5

Estevam Soares – Acertou na proposta de escalação ofensiva em vez de congestionar o meio com  cabeças de bagre. E acertou ainda mais no intervalo. Nota 7

 

Foto 1: Adalberto Marques/Lancenet

Foto 2: Ueslei Marcelino/Lancenet

Anúncios

7 Respostas para “Goiás 1 x 3 Botafogo: A salvação da letra J

  1. Não tinha mais esperança, mas hoje essa esperança voltou em minhas mãos. Tudo por causa de uma vitória surpreendente do meu amado Botafogo contra o forte Goiás, no Serra Dourada por 3×1 e podia ser 5×1 ou 5×2. Foi à melhor partida do Botafogo e é impressionante como o time joga bem fora de casa.

  2. Aqui no Rio foi lançado um novo jornal de esporte pelo Jornal o DIA. que se chama “campeão”. fiquei muito indignado o tratamento dado ao botafogo, pois comprei um exemplar hoje domingo,04/10/2009, e nesse jornal colocaram 10 folhas falando do flamengo , e uma folha falando do botafogo. por isso mandei uma carta para o direção do jornal, que transcrevo abaixo :

    Srª Editora,

    Gosto de acompanhar futebol pelos jornais de esportes que circulam atualmente no Rio ( o lance e o jornal dos sportes). Com o lançamento desse novo jornal, “o campeão”, fiquei na expectativa de ser uma boa opção, pois entre os jornais disponíveis, o lance tem raízes em são paulo, e o JS está caidinho.
    No entanto, ao adquirir um exemplar na banca de jornal hoje (domingo, 04/10/2009), fiquei muito decepcionado, pois vocês usaram 10 (dez) folhas, isso mesmo, 10 (dez) folhas falando do flamengo e do fluminense, e só uma folha, falando do botafogo. Achei isso, uma tremenda sacanagem, pois o botafogo não merece isso.
    Sei que o botafogo está passando por uma fase ruim, mas isso não justifica essa falta de consideração. O botafogo não é um clube regional, é um clube nacional, de muita tradição no futebol brasileiro, e também com uma torcida grande. Sei também que a imprensa e a mídia são obrigadas a bajular o flamengo, quanto a isso já estou conformado, pois essa é a regra do jogo, não tem como mudar, mas vocês exageraram na dose de bajulação, hein.
    No jornal tinha várias folhas falando sobre besteiras, podia muito bem colocar mais folhas falando do botafogo. Nem o jornal o globo que é um dos maiores puxa saco do flamengo faz isso.
    Já que esse jornal é voltado para a “nassão” “burro-negra”, vou continuar lendo o lance, que, apesar de ter raízes em São Paulo, pelo menos fala de todos os times democraticamente, com a dose de bajulação do time da “nassão” na medida normal que todos são obrigados a fazer.

    Cordiais saudações,

  3. Meu caro André Custódio:
    Se no novo jornal Campeão, de O Dia, o Botafogo perdeu de goleada para o flamengo, aqui, no calçadão da praia, hoje de manhã, o Fogão deu uma lavagem no urubu – 12×3, ou seja foram doze camisas do Glorioso contra apenas 3 do mengo. E as camisas (mais bonitas do Brasil) que há mais de dois meses estavam guardadas nas gavetas, desfilaram garbosamente no peito de botafoguenses que, entre outras coisas, diziam:
    – A virada começou;
    – Finalmente, conseguimos ganhar uma…
    – Como é que esse time perde para o Santo André e Vitória dentro de casa?
    – Merecia vencer por 5×0; e a mais eufórica:
    – Agora, ninguém segura o nosso time – vamos para a Libertadores!.
    E’, André e Marcelo, só faltava uma vitória como essa contra o Goiás, para levantar a moral e reacender a chama da esperança.
    Pra frente, Fogão.
    E um viva para os jotas – Jefferson, Jobson e… Jesus (Cristo)…

  4. Vamos combinar: Vou me redimir com Jobson. emvez de JobBum para GOLbson. Ou seria melhor Jobgol?? Vamos que vamos FOGÃO !!!

  5. Não sou defensor contumaz de LF, mas, dar nota 2 para o atleta é pegar muito pesado. Perdeu um pênalti, abdicou de concluir novamente para ajudar na artilharia de André Lima, talvez aí, resida o seu maior erro. Mas, deixem para criticar quem não tem talento.

    Abs e SB.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s