Brazsat 1 x 2 Botafogo: O pacto de Túlio

Estádio Mané Garrincha, fim de tarde do primeiro sábado de outubro de 2009.

Semifinal da segundona candanga, segundo tempo. O sol se põe, mas os refletores não são acesos – o fim do jogo é disputado praticamente às escuras.

Ocaso anunciado no placar: Brazsat 1 x 0 Botafogo-DF. A torcida não desiste, permanece.

Quer que Túlio Maravilha, com a camisa 900, tenha ao menos uma chance de gol. Até então, o centroavante nem pôde concluir sequer uma jogada – a bola simplesmente não chegou no seu pé durante todo o primeiro tempo e parte da segunda etapa.

A torcida se exaspera – o time é fraco, mas nesse sábado está ainda pior: zero de criação, zero de conclusão. A arbitragem também é horrorosa: inverte faltas, deixa todo mundo irritado.

Atrás de mim, nas cadeiras amarelas, um senhor perde a calma:

– Ô meu Deus, antes eu só sofria uma vez por semana. Agora vou ter que sofrer duas vezes??

Minutos depois, Túlio responde à pergunta desesperada. Após um cruzamento rasteiro, ele se posiciona de frente para o gol. A bola, enfim, chega para ele. O chute sai seco, reto, direto, de cima para baixo. A bola estufa as redes: um golaço.

1 x 1.

A torcida, até então amortecida pela mediocridade da partida, acorda e saúda o ídolo. Grita “Túlio Maravilha, nós gostamos de você” . Ele retribui com aplausos. 

Pacto renovado: da torcida com Túlio, de Túlio com o gol.

Mas o pacto de Túlio é com o Botafogo – e tem coisas que só acontecem com o Botafogo.

A torcida grita: “Vamo virar Fogo… Vamo virar Fogo, ô!”

Poucos minutos depois, a resposta.

Quase no finzinho, aos 41 minutos, mais um cruzamento pela direita – dessa vez é o goleiro do Brazsat que se apavora e deixa a bola passar. E ela, como uma antiga namorada, corre para reencontrar quem a conhece com total intimidade. Túlio não ignora o desejo da bola e a empurra de cabeça, sem muita força mas com precisão, para dentro das redes.

É a segunda chance de Túlio na partida. É o segundo gol de Túlio na partida.

fototulio

Botafogo 2 x 1.

A torcida enlouquece. Quase toda concentrada nas cadeiras do estádio com o nome do maior ídolo do seu clube, fica em pé até o apito final. Grita o nome do ídolo, que faz questão de vir em direção aos torcedores para beijar o escudo glorioso. Os aplausos são recíprocos.

De arrepiar.

A torcida deixa o estádio cantando o hino – nos corredores, todos se entreolham, sorrisos cúmplices, olhos ainda incrédulos pelo que acabam de ver. Sabem que foram testemunhas de mais um momento iluminado da carreira de um dos maiores artilheiros da história do Botafogo.

Túlio, foste herói em cada jogo – até mesmo aos 40 anos, treinando duas vezes por semana, na segundona do futebol do Distrito Federal, contra um time de empresário.

Placar final: Botafogo-DF 2 x 1 Brazsat.

O alvinegro candango, agora, tem a vantagem do empate na partida do próximo sábado, no estádio do Cave, no Guará. Se ganhar ou empatar, estará na primeira divisão do futebol do Distrito Federal.

Faltam agora oito gols para o atacante alcançar a marca prometida de chegar ao gol 900 ainda em 2009.

Que maravilha, Túlio.

Foto: Site EsporteCandango

Anúncios

12 Respostas para “Brazsat 1 x 2 Botafogo: O pacto de Túlio

  1. fico muito feliz de saber que o Túlio está perto do seu objetivo…o gol némero 900 vai sair em breve…

    urubu, urubu, urubu otário, quem tem TÚLIO não precisa do romário!!!!

    abraço!!

  2. O Túlio é único. A torcida botafoguense realmente tem que aplaudir esse cara que sem dúvida é iluminado pela Estrela Solitária. Parabéns Botafogo-Df, parabéns Túlio.

  3. fico ate sem palavras, o Túlio nasceu para isso, Gol!

  4. Não vi quase nenhum lance do jogo, fiquei mais perambulando pelas arquibancadas e registrando imagens da vasta quantidade de figuras que por ali passaram. Foi um programa divertido. Aguardem relato nos Teletipos Distritais do CBET.

  5. Olha, esse relato sobre o jogo foi uma das poucas coisas boas que li sobre nosso glorioso time nos últimos meses. Pela emoção que vc passou eu me vi lá, vibrando com os gols do Túlio Maravilha!! Parabéns, conquistou mais um leitor!

  6. caramba…
    hj foi especial… eu vibrei como se estivesse vendo uma semi-final do BFR… foi espetacular, apesar do fraco futebol, o time foi muito guerreiro, existem jogadores ali à se destacar (leo guerreiro camisa 9 / tem um com o cabelinho raspado ki tava envolvido na confusão… gostei dele mostrou muita disposição e vontade até o último momento… sem falar do túlio super decisivo!!!) parabéns Botafogo-DF esse é o caminho!!!

    S.A

  7. Pingback: Twitter Trackbacks for Brazsat 1 x 2 Botafogo: O pacto de Túlio « Fogo Eterno [fogoeterno.wordpress.com] on Topsy.com

  8. Não consegui evitar um sorriso e um marejar de olhos durante a leitura do texto. Ainda mais vendo a felicidade do garoto aí em cima trazendo de volta, por um breve momento, todos aqueles sentimentos que conheci tão bem até 95/96.
    Obrigado, Túlio Maravilha!

  9. Fiquei emocionado. Obrigadão aí, Marcelo, pelo fantástico relato!

    Saudações alvinegras!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s