O tempo que não existe e o tempo que resta

“Eu preciso de três, quatro semanas. Fazer uma intertemporada para poder conhecer o grupo. Somente com este tempo poderia trabalhar formações na equipe. Teremos uma semana complicada com muitos jogos importantes”

Lamento, Estevam. Você não terá essas três ou quatro semanas – no máximo, dez dias em setembro, quando haverá uma pausa no Brasileirão. Faça logo as mudanças necessárias –  e comece pela zaga. Afaste alguns jogadores do elenco: para não causar tumulto, pode ser de forma discreta, basta não relacioná-los para as partidas (assim, eles realmente não correm risco de entrar). Repasse à diretoria ao menos dois nomes de sua confiança – e exija a contratação imediata para tapar a peneira que se tornou a defesa alvinegra. Cobre maior eficiência do departamento médico. É o que deve ser feito nos próximos dias, não nas próximas semanas. O tempo para remontar o time é curto – e já está se esgotando.

naohatempo

 

E, para piorar, começou a dar tudo certo para nossos adversários diretos na luta pela sobrevivência: o Coritiba do senhor Beira-do-Caos ganhou no último minuto com um pênalti inventado pelo Péricles Bassols; o Náutico de Geninho ganhou com gol contra do Goiás, que ainda teve duas bolas na trave; e  o Cruzeiro ganhou do decadente flamengo em pleno Maracanã.

É grave a situação, meus amigos. E cabe ao Estevam tentar revertê-la o mais rápido possível.

Anúncios

4 Respostas para “O tempo que não existe e o tempo que resta

  1. Vejo uma sequencia de eventos ocorrendo que estão nos levando há um resultado sombrio e medonho! tudo conspira contra nosso glorioso nesse brasileirão, até o próprio time!!
    Que o Estevam consiga com suas forças forjar o resultado que tanto nos interessa: a fuga da queda.
    S.A a todos…

  2. Será que ele realmente só tem sucesso montando times que jogam na retranca, como dizem por aí? Se for, que jogue como jogou contra o Palmeiras e coloque o Laio pra correr. Mas antes dos 20 do segundo tempo.

    SA!

  3. Conheci o blogue por indicação de um amigo. Muito bom. Concordo com a necessidade de arrumar o time rapidamente, temos uma tabela difícil pela frente (lembrem-se do início do 1° turno) e não dá para brincar. Nem quero pensar em rebaixamento, mas a cada dia perco mais o sono.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s