Botafogo 2 x 2 flamengo: No reino de Alessandro

alessafla

Estranho esse clássico.

Sim, o resultado foi o de sempre: 2 x 2. Mas o melhor nome do Botafogo foi o Alessandro.

E isso é muito estranho – e, obviamente, preocupante.

Vou tentar deixar um pouco de lado a frustração pelo empate com sabor de derrota pela enésima vez, já que tomamos um gol aos 43 minutos do segundo tempo.

Também não vou me prolongar na polêmica da arbitragem: para mim, não foi falta no Victor Simões no gol do André Lima e houve falta do Emerson no Lúcio Flávio – mesmo assim, essa falta não é tão clara assim no primeiro momento, não chegou a ser “um erro grotesco” como definiu o Ney. Mas confesso que não entendo, pra usar um eufemismo, o porquê de, como a imagem mostrar claramente, o juiz levar o apito à boca e desistir de marcar a falta quando percebe que o centroavante rubro-negro vai concluir a jogada.

Só que não vou aproveitar as falhas da arbitragem para cair no conto do Ney Franco e responsabilizar apenas o Péricles Bassols pelo resultado da partida.

Quero dizer que o Botafogo, dentro da sua realidade limitadíssima, até que fez um bom primeiro tempo, graças ao esforço de alguns jogadores, como o Emerson (até se contundir), Batista, Victor Simões, Guerreiro e, especialmente, Alessandro.

E quando o Alessandro se destaca, aluga o meio-de-campo, até faz um gol, reina absoluto por conta do brio e da força de vontade, é porque tem algo de errado com o time.

O Botafogo tem que ser muito, mas muito maior do que o Alessandro.

Vamos agora às velhas notícias:

Lúcio Flávio não jogou nada novamente – não reteve a bola, não armou, não concluiu (aliás, há quanto tempo ele não chuta a gol com a bola em movimento?). Sua função em campo, em 2009, limita-se a cobrar escanteios e fazer corta-luz para as faltas do Juninho.

E o Renato, que entrou no lugar do Emerson, até que fez umas ciscadas na ala direita. E, sim, fez um gol importante.

Agora, meus caros, vamos falar a verdade: quem não sabia que o flamengo iria, no mínimo, empatar já que o Botafogo não consegue reter a bola no campo do adversário e os jogadores que deveriam chamar para si a responsabilidade simplesmente se omitem?

No segundo tempo, em um jogo muito ruim, o flamengo teve algumas boas chances e o Botafogo, além do gol do Renato, só conseguiu uma cabeçada do André Lima (sua única participação efetiva na partida).

O resultado, então, foi previsível, pois os dois times são fracos. Mas claro que  merecíamos a vitória – só que já deveríamos ter aprendido que, especialmente contra o flamengo, vitória não é questão de merecimento.

Assim eles atuaram:

Castillo – Uma falha feia no primeiro gol rubro-negro: erro primário de timing o obrigou a cometer a falta que originou o gol. Sem culpa no segundo gol. Irregular. Nota 5

 Alessandro – Pelo esforço, o melhor do time, apesar das crateras que deixou no seu lado. Foi expulso por uma questão de brio. Nota 7

Emerson – Até que estava bem quando se contundiu. Nota 6 Foi substituído por Renato, que fez algumas (poucas) incursões á área do adversário e mais uma vez marcou após concluir um escanteio. Depois, cansou e foi menos um em campo. Nota 5,5

Juninho – Ótimas cobranças de falta, nem sempre eficiência na marcação. Foi um dos que assistiu Adriano cabecear no primeiro gol rubro-negro. Nota 6

Eduardo – Sem brilho nem comprometimento. Nota 5

Leandro Guerreiro – A raça habitual, mas também assistiu Adriano cabecear. Nota 5,5

Thiaguinho – Perdidinho. Só vontade e muitos erros de passe e de marcação. Nota 4 Tava com jeito de ser expulso e foi substituído por Wellington, que não comprometeu mas também não brilhou. Nota 5

Reinaldo entrou e pouco fez – com sua experiência, tinha que ter contribuído de forma mais efetiva para manutenção da vantagem do placar. Nota 4

Lúcio Flávio – Nada, nada, nada, nada. E nem pra dar um tranco de verdade no Emerson no gol do empate. Nota 1

Victor Simões – Tentou muito, meteu bola na trave, mas não conseguiu engatar uma tabela. Nota 5

André Lima – Bisonho. Só foi notado pela ótima conclusão, no gol anulado, e em uma cabeçada na segunda etapa. Decepção. Nota 2

Ney Franco – Não pode culpar apenas a arbitragem. Não conseguiu, em uma semana, fazer seu time jogar bem nos 90 minutos – a aposta em Thiaguinho foi um fracasso, insiste com Lúcio Flávio e não percebeu que André Lima e Victor Simões ainda não se entrosaram. Mas até que mexeu bem dessa vez. Nota 3

 Foto: site Terra

Anúncios

4 Respostas para “Botafogo 2 x 2 flamengo: No reino de Alessandro

  1. Acabo de chegar do Maraca. Estou “revoltadíssimo”, Não com o resultado, pois afinal de contas foi um clássico regional, e tudo pode acontecer.
    Se não bastasse o omisso, chupassangue e inexistente Lucio Flavio, o Ney Franco me tirou do sério, hoje.
    Ney cometeu a insanidade de colocar em campo o Reinaldo. E aí, eu me questiono: será que foi insanidade, ou incompetência ???? mesmo ????
    NÂO. ACHO QUE NÃO. PRÁ MIM FICOU CLARO, E AÍ É ÓBVIO QUE É SUBJETIVO, ,,,,, MAS O NEY FRANCO ENTREGOU AO FLAMENGO A POSSIBILIDADE DE EMPATAR O JOGO.
    NEY FRANCO TÁ VENDIDO.
    NEY FRANCO TIROU O RENATO, E ENTROU COM MAIS UM ATACANTE ( ESTÁ ATÉ MEIO MANCO…REPAREM SÓ….), E ASSIM ENTREGOU O MEIO DE CAMPO AO FLAMENGO. POR QUE NÃO ENTROU COM O JONATAS, PARA MANTER A FORMAÇÃO DO MEIO DE CAMPO. E AÍ CEDEMOS ESPAÇO AO FLAMENGO, JUSTAMENTE NA MEIA CANCHA, O PONTO FORTE DO ADVERSÁRIO.
    FICAMOS ACUADOS, E O O GOL DO FLA ERA QUESTÃO DE TEMPO. FICAMOS SEM O TIAGUINHO E O RENATO. E FICAMOS LITERALMENTE COM MENOS DOIS EM CAMPO: LUCIO FLAVIO E REINALDO.
    NÃO CREIO QUE O NEY SEJA TÃO BURRO E INCOMPETENTE A TAL PONTO. POR ISSO ACHO QUE NEY FRANCO TÁ VENDIDO………MESMO.
    NEY FRANCO ESTÁ, PRÁ MIM SOB FORTE SUSPEITA.
    NÃO VOU MAIS AOS JOGOS DO BOTAFOGO….ATÉ QUE HAJA UMA MUDANÇA DA COMISSÃO TÉCNICA E DA CÚPULA DO FUTEBOL.
    ADEMAIS, LUCIO FLAVIO É UMA PÂNDEGA. E JOGA ATÉ O FINAL……..UM VERDADEIRO PÁRIA. TEM ALGO DE PODRE DENTRO DO BOTAFOGO.
    A PROPÓSITO: MINHAS COMPRAS NA BOUTIQUE DO BOTAFOGO, VIERAM COM O NOME FLA-BOUTIQUE, NAS FATURAS DE MEUS CARTÕES DE CRÉDITO. E AINDA VEM O ENDEREÇO PRAÇA N.SRA. AUXILIADORA S/Nº. QUE É O ENDEREÇO DO FLAMENGO.
    ESTRANHO E MUITO SUSPEITO.

  2. Victor Simões estava muito melhor que André Lima pois meteu uma bola no travessão: ele merecia um gol.
    O juiz roubou muito contra o Botafogo. No segundo gol do flamengo, ele põe o apito na boca para marcar a falta e quando ele viu que o jogador ia finalizar ele tirou o apito da boca e deixou o Emerson marcar.

    Saudações alvinegras!

  3. Como sabem, não assisto mais aos jogos do Botafogo. Mas, acompanho – depois do jogo – os comentários. Assim é que ouvi numa mesa redonda, ponderações oportunas de Waldir Espinosa (aquele do título de 1989, lembram-se?).
    As resumo em duas: 1 – O seu time daquele ano não era melhor nem pior do que o atual do Botafogo mas tinha uma enorme diferença – tinha raça e muita vontade de vencer. Gotardo, Mauro Galvão, Paulinho Criciúma e todos os outros davam até o sangue pra não perder. Não havia um líder, mas vários. Assim foi contra o Flamengo, quando perdia de 3×0 e empatou, com raça e determinação. E assim foi – muito mais – na inesquecível noite de 21 de junho, quando conseguiu (depois de 21 anos) levantar a taça de campeão. E o Flamengo daquele ano era muitas vezes melhor do que o atual um timinho de quem a gente não ganha nem sonhando…
    2 – O problema de Lúcio Flávio, além da preguiça habitual e de se esconder em campo, é o seu posicionamento. Segundo Espinosa, ele não é jogador de estar indo e voltando, mas de distribuir o jogo e ter jogadores (tipo Jorge Henrique) abrindo pelas pontas para receber os seus lançamentos que são (ou eram?) sempre muito bons.
    Bem, essa é a opinião de Espinosa que – caso queiram tirar Ney Fra(n)co – está disponível e conhece (mais do que outros) o Botafogo – por dentro e por fora…
    Quanto á arbitragem do jogo, uma semana antes eu bem que adverti…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s