Jônatas: como decifrar a esfinge

jonatas

Esse Jônatas é meio esquisitão, né não? Ao ser apresentado em General Severiano nessa quinta-feira, só vestiu a camisa alvinegra e se mandou. Não deu entrevista e ainda treinou meio que em separado.

Bom, como diria o João Saldanha, o Botafogo não o quer para casar com a nossa filha, mas para jogar bola. Então, resolvi ignorar a desfeita logo na entrada e recorri ao Alex, um chapa da repartição, para tentar conhecer mais o nosso novo reforço. 

O Alex, apesar de flamenguista, é gente-boa e conhece do riscado – especialmente do que rola na Gávea. Ele traçou para o FogoEterno as coordenadas desse enigmático, sorumbático, macambúzio e marrento  Jônatas.

Fala, Alex! 

“Há quase três anos, Jônatas era chamado para defender a Seleção Brasileira, momento que, muito provavelmente, será conhecido como o auge da sua carreira. Foi apenas uma convocação e, com ela, uma aparição discreta – o que reflete bem sua carreira, até agora.

Na Gávea, nunca foi segredo, o rapaz dizia a todos que seu futebol era parecido com o de Zidane. É sério – embora a única semelhança com o francês esteja no número 5.

Mas disperso no meio-campo, a verdade é que Jônatas não encontrou posição. Começou como primeiro volante, mas não sabia marcar. Passou um pouco mais a frente, mas avançava demais.

No retorno ao Flamengo, após passagem insossa pelo Espanyol, Caio Júnior acreditou que Jônatas jogava como Zidane. E o lançou como armador. O problema é que o ex-rubro-negro não sabe chutar ao gol e nunca foi conhecido pelo clichê “deixar os atacantes na cara do gol”. Certeza que não poderia jogar com a 10.

O sonho durou muito pouco e se encerrou, melancolicamente, num passe errado na entrada da área em partida difícil contra o Grêmio, quando o Flamengo vencia por 2 x 1. De lá para cá, Jônatas nunca mais atuou em duas partidas seguidas como titular. E isso foi há quase um ano…”

Anúncios

2 Respostas para “Jônatas: como decifrar a esfinge

  1. Acredito que o cidadão que descreveu o Jônatas seja um alvinegro enrustido, pois concordo com sua análise. André Lima até aceitamos, mesmo sem brilho recente, pois a nossa camisa o recuperará, mas esse tal de Jônatas… O cara foi renegado por quase todos os técnicos, exceto Ney FRaco. E confesso que eu nunca vi esse cara atuar bem por dois jogos seguidos. O Fogão precisa concentrar esforços em quem venha para assumir de forma indiscutível a vaga no meio, e tem de ser alguém de criação e que dê a velocidade de que o time precisa. Jônatas é mais do mesmo. E com salário alto, o que descapitaliza o clube. Atitude e coerência já!!!

  2. Jonatas, Renato e Lady Frágil.. formaram o meio campo mais sonolento do Brasil… só uma luz divina para salvar o Botafogo!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s