Botafogo 3 x 2 Madureira: Bem-vindo, Túlio!

tsouzamadura

O Ney queria golear o Madureira para voltar a ter tranquilidade no trabalho. Ouso dizer que o que aconteceu nessa quinta no Engenhão foi mais importante do que uma goleada:  a forma dramática que o Botafogo obteve sua vitória ajuda a recuperar o que esse time tem de melhor a oferecer – garra, persistência, vontade de vencer.

Porque qualidade técnica e tática, meus caros, definitivamente não é o nosso forte nessa temporada.

Sair perdendo para o Madureira no Engenhão, graças a mais uma atuação ridícula do setor defensivo, não conseguir exercer o prometido poderio ofensivo e, ainda assim, conseguir virar o jogo para depois tomar um gol de empate quase aos 40 minutos em lance de bola parada, é dose para cardíaco.

Mas a sorte sorriu para o Ney e a estrela do Túlio Souza, enfim, brilhou com a camisa alvinegra. E nos últimos segundos da partida, justamente quando a gente costuma entregar o ouro.

Sim, ele mesmo, tema do post pé-quente da última terça e também protagonista de um emocionante desabafo ao final da partida, quando explicou o motivo de ter ido até o torcedor que o cornetava para mandá-lo calar a boca. Na entrevista, Túlio S. falou que passou praticamente um ano sem conseguir chutar a bola sem sentir dor por conta de uma doença rara, a Síndrome de Gillmore, que paralisa os músculos da região abdominal. Deixou claro que passou por momentos de extrema dificuldade pessoal por conta do problema e que foi o departamento médico alvinegro que resolveu o seu problema – daí ter entregue a camisa do gol a um dos médicos do clube.

– O Botafogo é como um pai, pois me acolheu e me curou. Fez tudo por mim e por isso devo muito ao clube. Todos tiveram paciência comigo, principalmente médicos e fisioterapeutas. Tanto que depois do gol que marquei, abracei um dos doutores (Igor Vaz) e dei minha camisa a ele.

Ouso dizer que esse gol catártico, com gosto de superação pessoal,trouxe não só o alvinegro de volta à briga pela Taça Rio, mas promoveu, enfim, o desembarque do Túlio (a partir daqui, sem o Souza, como o pessoal comentou!) do Coritiba no Botafogo.  

O gol do neo-Túlio deu uma moral danada para os jogadores que fizeram a coisa certa, e, em vez de se queixar da pouca presença da torcida, foram aplaudir os heroicos torcedores que compareceram ao Engenhão. E, se a torcida se conscientizar que faltam apenas três vitórias para o título, a gente pode liquidar essa fatura sem necessidade de final.

madura21

Só depende de nós – jogadores, torcedores e comissão técnica.

Vamos às atuações:  

Renan – Falha de posicionamento no primeiro gol, falha de timing no segundo gol (apesar de a barreira, novamente, ter dificultado a sua vida, como no clássico contra o flu). Nota 4

Thiaguinho – Não rendeu tudo o que era preciso para convencer o Ney que ele deve ser o titular na ala direita. Muito pelo contrário. Nota 3

Juninho – Disparado, sua pior partida no retorno. Tanto é que foi substituído no intervalo. E, vem cá, ele não consegue mais acertar um chute decente – esse não era um dos motivos da sua volta?  Nota 1

Emerson – Ruim como sempre, mas agora superior ao Juninho. A coisa tá feia. Nota 3

Gabriel – Não jogou tudo que era necessário para convencer o Ney que deve ser o titular na ala direita. Algumas falhas na marcação, boas jogadas ofensivas. Mas o garoto tem técnica, é só termos um pouco de paciência. Nota 6 Foi substituído por Túlio, que, com apenas um chute, mudou a história do jogo e a sua história no Botafogo. Nota 8

Batista – Fraco, como todo o time, no primeiro tempo. Nota 4

Leandro Guerreiro – Premiado com um gol por conta da raça que demonstrou durante toda a partida. Nota 7

Fahel – Muito fraco e apagado. Nota 3

Maicosuel – Sempre perigoso e com uma característica que só agora podemos observar e é muito bem-vinda: não se abate com adversidade e lambanças de seus colegas, continua partindo para cima até o último minuto, como no início da jogada do gol da vitória. Nota 7,5

Reinaldo – Praticamente nulo na primeira etapa, participou bem mais no segundo tempo, quando fez um gol de categoria e perdeu um gol, nos últimos minutos , que não se pode perder. A sorte é que a noite era do Túlio e a chance desperdiçada não fez falta. Nota 6

Victor Simões – Brigou o tempo inteiro, finalizou com perigo, fez a jogada do segundo gol, mas ainda se ressente de maior parceria na hora de armar as jogadas. Nota 7,5

Léo Silva – Entrou no intervalo, deu mais velocidade mas fez um monte de faltas bobas, inclusive a que deu origem ao segundo gol do adversário. Nota 5

Lucazzzilva -Algumas boas jogadas, e o passe preciso para a conclusão do Túlio. Nota 6

Ney Franco – Teve coragem de tirar o capitão do time no intervalo, o que já é um avanço, e fazer outras mudanças importantes. E teve sorte ao colocar o Túlio em campo. Se continuar a ter coragem e sorte, mesmo com suas limitações, pode até nos dar o título estadual. Nota 6

fotos: Lancenet

Post revisto e ampliado às 15h06

Anúncios

8 Respostas para “Botafogo 3 x 2 Madureira: Bem-vindo, Túlio!

  1. que maravilha o gol do túlio, hein?
    acho que seu post trouxe bons fluídos para ele.
    fiquei feliz demais por ter sido ele que fez o gol.
    não o vi nas suas notas individuais.

    ademais, não dá pro leandro guerreiro continuar jogando improvisado.
    e o melhor meio-de-campo do brasil está me irritando.

    agraço!

  2. O engraçado que eu tva próximo ao cara que cornetou ,não só o túlio souza, como o time inteiro. Pena que ele foi embora antes e nem viu o gol, nem a resposta de túlio. Ontem cheguei a conclusão de que o Kafka era botafogunse. Por isso em um livro ele virou uma barata. Pois, pra torcer pro botafogo só com sangue de barata…

  3. Acho que o Botafogo não é inferior,tecnicamente, a nenhum dos outros grandes do Rio.
    Era previsível que houvesse uma certa “acomodação” depois da conquista da Taça Guanabara.
    Vamos ganhar esse estadual (com ou sem final) e, na final,preferencialmente, dando um sacode nos mulambos.

  4. Apesar disso,alguns ajustes são necessários como um lateral esquerdo de ofício,mais um meia-armador (BOM, no nível e com características iguais às do Lúcio Flávio).

  5. O Fogoeterno tem realmente o pé quente. Bastou comentar sobre o Túlio e pronto, golaço!
    Falando friamente, eu realmente acredito que o Túlio tem tudo para se recuperar e voltar a apresentar o bom futebol da época do Coxa e ser um excelente reforç0 para nosso meio-campo. Isso tudo, claro, se nosso treinador o escalar na posição certa e não como um lateral, um zangueiro ou outras bizarras improvisações.
    Rumo ao título da Taça Rio!

    PS.: http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Futebol/0,,MUL1072254-9842,00-BEBERROES+BANIDOS+DA+SELECAO+ESCOCESA.html

    Imaginem se a moda pega na seleção canarinho…

  6. Enio,
    Lucio Flavio ????
    Nem pensar.
    Como disse um dos comentaristas da ESPN, L.F. é o anti-camisa 10, não erra um passe….pudera passes de 3 metroa, 4 metros… até eu…. disse o comentarista. Só joga para os lados, e se esconde em campo.
    Nem é mais relacionado para os jogos do Santos. e é o 4º reserva do time.
    Não precisamos de L.F.
    Precisamos de jogadores competitivos, eficientes e produtivos…….
    Saudações botafopguenses

  7. Quem torce mesmo para o botafogo nunca se esquece de jogadores que se esforçaram ao maximo para ajudar o botafogo como o Sandro (ZAG) na segunda divisão.
    Vendo o Túlio Souza comemorar o gol mais importante de sua carreira com GARRA correndo em suas veias foi emocionante para mim, me fazendo lembrar na mesma hora da emoção que o Sandro provocou em mim quando comemorou um gol feito contra o Marília, que garantia a vaga do Fogão de volta a primeira divizão nacional.

  8. Galera,

    o Túlio Souza realmente acordou somente agora, o cara estava lesionado e sem confiança, creio que esse gol muda tudo, sendo que ele precisa jogar para voltar a desenvolver o fut, pegar ritmo e etc… sinceramente estou triste com a zaga que é horrível, se não fosse o l. guerreiro… creio que o túlio ainda vire titular nesse time que tem 3 mil cabeças de area e poucos jogadores de qualidade, na verdade só 1 = l. guerreiro. vamos lotar o maraca, fazer frente a torcida do vasco ! vamos ganhar ! 2 x0 fogão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s